Conheça cinco benefícios do sexo para a saúde

Por Mariana Castro em 31/08/2016

Se exercitar, comer bem e meditar são atividades altamente recomendadas para manter o seu bem-estar. Mas, agora, especialistas em saúde mental incluíram mais um item na lista: manter relações sexuais também pode deixar você em forma, além de melhorar a pele, a saúde cardíaca e o humor.

+ Sexo pode melhorar a performance de atletas, diz estudo

+ Pessoas altruístas e bondosas fazem mais sexo, diz pesquisa

Especialistas da Universidade Curtin, na Austrália, revelaram que o sexo consensual libera hormônios capazes de fazer maravilhas ao corpo e à mente. “A ocitocina, conhecida como hormônio do amor, promove o sentimento de confiança e afeto entre os parceiros”, explicou o professor Matt Tilley ao portal ScienceNetwork West Australia.

Só isso já deveria ser o suficiente para você não querer mais sair debaixo dos lençóis. Mas, com a ajuda dos estudiosos, o site Daily Mail ainda reuniu outros cinco benefícios do sexo para sua saúde. Confira:

Mantém sua pele saudável

O sentimento de amor e afeto promove a liberação de endorfina, que é ótima para a pele. Esse neurotransmissor estimula o crescimento de novas células e de um colágeno natural, minimizando rugas e cicatrizes da acne. Além disso, ela produz um anticorpo que impede o desenvolvimento de espinhas e pele escamosa.

Deixa o seu corpo em forma

Meia hora de atividades sexuais queima, em média, entre 70 e 100 calorias, de acordo com um estudo da Universidade de Quebec, no Canadá. “O ideal é que todos façam ao menos 30 minutos de exercício por dia. Uma vez que o sexo promove os mesmos benefícios de exercícios aeróbicos, por que não unir o útil ao agradável?”, indagou Kevin Netto, professor e líder da pesquisa.

Ajuda o seu coração

Essa atividade física aumenta naturalmente a frequência cardíaca e equivale a 23 minutos de ciclismo e 15 minutos de natação, ambos quando praticados em intensidade moderada. Isso não supre a cota de exercícios diários recomendada, mas chega perto. Além disso, a American Heart Association’s recomenda 30 minutos de atividade aeróbica moderada, no mínimo 5 vezes por semana, para a manutenção de uma boa saúde cardiovascular. Mas lembre-se: o ideal é encaixar pelo menos duas sessões de musculação nessa rotina.

Acalma a mente

A serotonina é liberada durante o orgasmo e promove uma onda de felicidade, aliviando sentimentos de estresse e ansiedade. Além disso, Matt Tilley explicou que uma relação consensual e positiva age como um antidepressivo natural. “Existe um entendimento de nós mesmos como seres sexuais, capazes de dar e receber prazer. Isso aumenta nossa confiança e autoestima, além de melhorar o nosso humor”, disse o professor.

Promove uma boa noite de sono

O orgasmo leva à produção de um hormônio chamado de prolactina, que induz ao sono. Isso acontece principalmente com os homens, pois eles produzem uma quantidade muito maior do que as mulheres. Além disso, o sexo masculino libera outros componentes químicos durante a ejaculação que os deixa sonolentos. As mulheres também podem se sentir cansadas, mas isso está muito mais ligado à exaustão física do que a fatores químicos. De qualquer forma, ambos terão uma bela noite de sono, ainda mais dormindo de conchinha, não é mesmo?  😉

Foto: Thinkstock