Ciência prova que existe uma fórmula matemática para encontrar o amor da sua vida

Por Patricia Machado em 02/05/2016

Diz o ditado popular que todo mundo tem a tampa da sua panela — e, por isso, cedo ou tarde você será capaz de encontrar o amor da sua vida. Agora, além de contar com a sorte, você poderá ter uma ajudinha extra da ciência.

+ Famosos que demoraram a assumir o namoro

+ Como seria envelhecer ao lado do amor da sua vida?

A professora Hanna Fry, que leciona matemática na University College, em Londres, resolveu testar uma teoria do pesquisador britânico Dennis Lindley e criou uma método de aplicação prática para que as pessoas descubram o seu par ideal.

Segundo a teoria de Dennis Lindley, para encontrar a pessoa certa para casar é necessário passar por 37% das suas opções. Colocando isso em prática no mundo moderno, Hanna descobriu que é necessário rejeitar 37 pessoas das 100 que você irá conhecer na vida.

Assim sendo, você deveria excluir 37 perfis de pretendentes em sites e apps de relacionamento para dar um “like” no 38° pretendente. A partir daí, é torcer para dar um “match” e conseguir conquistar o coração do amor da sua vida.

Via Galileu / Foto: Thinkstock