Casais que dividem tarefas domésticas igualmente fazem mais sexo

Por em 23/06/2016

Se ajudar o seu amor em casa lhe parece um fardo, são grandes as chances de você mudar de opinião depois de ler esta matéria. Um novo estudo que será publicado no Journal of Marriage and Family sugere que os casais que dividem as tarefas domésticas igualmente fazem mais sexo.

+ Casais que engordam juntos são mais felizes, diz pesquisa

“Casais contemporâneos que aderiram a uma divisão mais igualitária das tarefas experimentaram um aumento na frequência sexual em comparação com as gerações passadas. Outros grupos — incluindo aqueles em que a mulher faz a maior parte do trabalho doméstico — sofreram declínios na frequência sexual”, disse a professora da Universidade de Cornell, Sharon Sassler, uma dos autoras do estudo.

+ Por que alguns casais transam mais do que outros?

A pesquisa também revelou que os casais que relataram compartilhar as tarefas domésticas fizeram sexo 6,8 vezes por mês, em média — ou cerca de uma vez mais do que aqueles em que a mulher tinha uma rotina mais desgastante com tarefas da casa.

A historiadora Stephanie Coontz destaca um ponto importante da pesquisa: a definição de amor heterossexual bem sucedido evoluiu muito ao longo dos últimos 70 anos. “O estudo de Sassler – e outros – refletem o poder da igualdade entre homens e mulheres atualmente. Nos casamentos de 1950 e 1960, as mulheres muitas vezes relataram ter relações sexuais mais frequentemente do que elas queriam porque eram submissas aos maridos”.