Ter filhos aumenta a expectativa de vida, diz estudo

Por Mariana Castro em 25/03/2017

Ter filhos é comumente associado à ideia de felicidade. Recentemente, um novo estudo realizado por cientistas da Universidade de Estocolmo, na Suécia, apontou que homens e mulheres que possuem filhos têm uma maior expectativa de vida.

+ O tempo de vida dos pais pode afetar a longevidade dos filhos, conclui pesquisa

+ Filhos de pais estressados apresentam mau comportamento, diz pesquisa

Para o experimento, os pesquisadores analisaram quase um milhão e meio de pessoas nascidas entre 1911 e 1925. Eles foram acompanhados desde os 60 anos. Após considerar os fatores que poderiam influenciar os resultados, os pesquisadores calcularam a taxa de óbito do grupo.

Os resultados mostraram que, aos 60 anos, homens com filhos viviam dois anos a mais do que os outros homens. No caso das mães, a expectativa de vida era prolongada por um ano e meio. Aos 80 anos, para os pais, esse tempo era de oito meses a mais e para as mães era de sete meses.

+ Filhos de pais que traíram acabam aceitando com facilidade a traição, diz psicóloga

A expectativa de vida se mostrou ainda maior para os pais que eram casados. Aos 85 anos, o risco de morte para esses homens era 1,2% menor do que para os homens que não eram casados. Para os pesquisadores, a hipótese para o aumento da expectativa de vida é que os filhos adultos ajudam a cuidar dos seus progenitores quando eles atingem a terceira idade.

Foto: Getty Images