Supermercado no Reino Unido vende produtos que seriam descartados

Por Patricia Machado em 26/09/2016

Uma iniciativa inaugurada no Reino Unido se propõe a ajudar os mais necessitados. Quem passar pela cidade de Pudsey poderá conhecer o primeiro supermercado do mundo a vender produtos que seriam jogados no lixo por mercados tradicionais ou empreendimentos do setor alimentício.

+ Comida caseira diminui o risco de desenvolver o diabetes, diz estudo

+ Consumo de gorduras saturadas aumenta os riscos de morte precoce, revela estudo

O supermercado apelidado de Armazém foi criado pelo grupo Real Junk Food Project, que realiza campanhas contra o desperdício de alimentos. Mas, ao invés de simplesmente vender produtos com descontos, o novo mercado permite que as comidas vendidas sejam pagas do jeito que o cliente preferir. Isso significa que ele pode dar um montante em dinheiro ou até mesmo se oferecer para ser um voluntário no local.

O objetivo do projeto não é apenas conseguir alimentar pessoas carentes e com problemas financeiros. A instituição quer evitar o desperdício de comida e promover o consumo de alimentos a preços mais acessíveis.

Além disso, a expectativa é levar a ideia para outras cidades como Sheffield e Bradford em breve. “Nós acreditamos que os alimentos desperdiçados são bons para o consumo humano e é por isso que nós pegamos essas comidas para alimentar todo tipo de pessoa”, disse Adam Smith, fundador da instituição, ao Metro.

supermercado vende produtos desperdicados - imagem 1 - reproducao

supermercado vende produtos desperdicados - imagem 2 - reproducao

supermercado vende produtos desperdicados - imagem 3 - reproducao

Fotos: Reprodução