Sintomas que podem indicar problemas na tireoide

Por em 19/05/2016

O nosso corpo gasta energia com diversas atividades: correr, se movimentar, trabalhar, e até mesmo para respirar e dormir. Cada célula tem sua maneira de realizar este consumo de energia, que é denominado metabolismo. O funcionamento correto dele depende da produção adequada de hormônios e esta é a função da famosa glândula tireoide, um órgão do sistema endocrinológico.

+ Sete especialidades médicas que você não sabe muito bem do que tratam

“Ao regular o metabolismo do corpo, a tireoide determina com que velocidade são queimadas as calorias, quão rápido bate o coração, além de ser responsável por estabelecer o equilíbrio hormonal. Esses hormônios produzidos pela tireoide irão atuar no crescimento e desenvolvimento do ser humano e as consequências podem ser observadas no corpo: no peso, memória, concentração, humor, ciclo menstrual e até na fertilidade”, explica Jorge Kim, especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço e em Doenças da Tireoide e Paratireoide, da Alira Medicina Clínica.

Desta forma, não é exagero dizer que qualquer disfunção relacionada à glândula pode provocar diversas alterações no organismo. Para se prevenir, o especialista lista alguns dos sintomas que podem indicar problemas na tireoide. Confira:

Cansaço excessivo

Se mesmo dormindo entre 8 e 10 horas por dia você se sente cansado ou com a necessidade de tirar um cochilo, há possibilidade que esteja com problemas na produção de hormônios da tireoide. Sentir-se esgotado com frequência, apresentar dores musculares e nas articulações, não conseguir se concentrar para desempenhar atividades simples e cotidianas, ter sonolência e perda de memória são sintomas que podem indicar que a tireoide não está funcionando corretamente.

Agitação excessiva

O oposto dos sintomas acima, de forma exacerbada, também pode indicar problemas na tireoide — neste caso, de hipertireoidismo (excesso do hormônio da tireoide). Isto é, sentir-se irritado, com taquicardia (batimentos cardíacos acelerados), tremores, sensação intensa de calor e ter insônia denotam que o metabolismo não está funcionando de forma adequada.

Ressecamento

O mau funcionamento da tireoide também afeta peles, unhas e cabelo, que podem apresentar ressecamento e queda. Isto acontece porque, para a manutenção dessas estruturas, o metabolismo dos elementos que as mantêm, como proteínas, está prejudicado, levando à fragilidade das mesmas.  

Inchaço no pescoço

Dores e sensação de inchaço no pescoço, além de dificuldade para engolir, podem indicar a inflamação da glândula tireoide. Em alguns casos, é comum que a pessoa também apresente febre. É importante procurar um especialista para fazer o diagnóstico e prescrever o tratamento adequado.

 Nódulos

Estima-se que 60% da população brasileira tenha nódulos na tireoide em algum momento da vida. Mas nem sempre o nódulo da tireoide representa perigo. Na verdade, em apenas 5% dos casos ele evolui para um câncer. Quando o nódulo é grande, ele pode se apresentar com uma saliência na região anterior do pescoço; mas muitos casos são diagnosticados por acaso no exame de ultrassonografia em exames de check-up.

Os sintomas citados acima são apenas algumas das principais repercussões do desequilíbrio da glândula tireoide. Outras manifestações podem aparecer junto com alguns desses sinais.

“Esses sinais ou sintomas podem ser sinônimos de outras doenças. Deve-se ter em mente que o organismo é feito para funcionar de forma correta. Portanto, na presença de qualquer sinal de disfunção, o recomendável é procurar um médico para fazer uma avaliação, diagnóstico e o tratamento adequado”, ressalta Kim.