Saúde e Bem-Estar

Raiva e exercícios intensos elevam o risco de ataque cardíaco, aponta estudo

Raiva e exercícios intensos elevam o risco de ataque cardíaco, aponta estudo

A vontade da maioria das pessoas que está com raiva ou extremamente triste é socar um saco de boxe ou correr o suficiente para liberar adrenalina e conseguir, através do exercício físico, se acalmar. Mas, o que parecia ser uma excelente terapia, pode, na verdade, aumentar o risco da pessoa ter um ataque cardíaco.

+ Pessoas que dormem e acordam cedo têm o coração mais saudável, diz pesquisa

+ Jantar depois das 19h aumenta o risco de ataque cardíaco, aponta pesquisa

O cientista Andrew Smyth, da McMaster University, no Canadá, liderou uma ampla pesquisa sobre o tema. Ele analisou o que motivou o ataque cardíaco sofrido por 12.461 pessoas de 52 países. Todas elas haviam apresentado o problema de saúde pela primeira vez.

Através de um questionário, os voluntários deveriam responder o que havia acontecido uma hora antes ou no dia anterior ao ataque cardíaco. Ao computar os resultados, o pesquisador descobriu que ficar com muita raiva ou muito chateado ou fazer exercícios físicos intensos dobrava as chances de ter um problema no coração. Além disso, a combinação dessas causas é capaz de triplicar o risco de sofrer um ataque cardíaco.

Isso acontece porque emoções extremas causam o mesmo efeito no corpo humano que uma atividade física de alta intensidade. “Os exercícios intensos e as emoções extremas podem elevar a pressão arterial e a frequência cardíaca, alterando o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos e reduzindo o fornecimento de sangue para o coração”, explicou Andrew ao Daily Mail.

O resultado do estudo foi publicado no periódico científico American Heart Association.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017
Taking a pic of food for social network site

Fotografar as suas refeições pode ajudar no emagrecimento, revela pesquisa

Mariana Castro02/05/2017
Senior couple mountain biking on a forest trail, low angle

Exercícios de alta intensidade podem afetar a longevidade, diz estudo

Mariana Castro02/05/2017