Saúde e Bem-Estar

Raiva e exercícios intensos elevam o risco de ataque cardíaco, aponta estudo

Raiva e exercícios intensos elevam o risco de ataque cardíaco, aponta estudo

A vontade da maioria das pessoas que está com raiva ou extremamente triste é socar um saco de boxe ou correr o suficiente para liberar adrenalina e conseguir, através do exercício físico, se acalmar. Mas, o que parecia ser uma excelente terapia, pode, na verdade, aumentar o risco da pessoa ter um ataque cardíaco.

+ Pessoas que dormem e acordam cedo têm o coração mais saudável, diz pesquisa

+ Jantar depois das 19h aumenta o risco de ataque cardíaco, aponta pesquisa

O cientista Andrew Smyth, da McMaster University, no Canadá, liderou uma ampla pesquisa sobre o tema. Ele analisou o que motivou o ataque cardíaco sofrido por 12.461 pessoas de 52 países. Todas elas haviam apresentado o problema de saúde pela primeira vez.

Através de um questionário, os voluntários deveriam responder o que havia acontecido uma hora antes ou no dia anterior ao ataque cardíaco. Ao computar os resultados, o pesquisador descobriu que ficar com muita raiva ou muito chateado ou fazer exercícios físicos intensos dobrava as chances de ter um problema no coração. Além disso, a combinação dessas causas é capaz de triplicar o risco de sofrer um ataque cardíaco.

Isso acontece porque emoções extremas causam o mesmo efeito no corpo humano que uma atividade física de alta intensidade. “Os exercícios intensos e as emoções extremas podem elevar a pressão arterial e a frequência cardíaca, alterando o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos e reduzindo o fornecimento de sangue para o coração”, explicou Andrew ao Daily Mail.

O resultado do estudo foi publicado no periódico científico American Heart Association.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

cerveja e ioga - imagem 1 - reproducao

Estúdio na Alemanha cria modalidade que mistura ioga com cerveja

Patricia Machado23/01/2017
woman beauty

Lente de contato dental: o que é e quando usar

Redação Apontador23/01/2017
Self-confident brunette looking at reflection

Procedimentos estéticos são alternativa à bichectomia

Patricia Machado20/01/2017
Sad baby in bed

Acupuntura pode ajudar bebês que choram excessivamente, diz pesquisa

Patricia Machado20/01/2017
Green tea

Sete benefícios do chá verde para a saúde

Mariana Castro19/01/2017
unhappy man suffering from backache at home

Casos de pedra nos rins são mais comuns no verão

Patricia Machado19/01/2017
young woman runner running on city bridge road

Exercícios de alta intensidade têm o mesmo efeito que atividades moderadas, diz estudo

Mariana Castro18/01/2017
makeup artist glues false eyelashes

Maquiagem nos olhos pode favorecer o surgimento de terçol

Redação Apontador18/01/2017
bebida alcoolica e aumento de apetite - getty images

Consumir bebida alcoólica aumenta o apetite, comprova estudo

Patricia Machado18/01/2017
Sick

Como diferenciar os sintomas da dengue, zika e chikungunya

Carolina Romanini17/01/2017
Mexican chili con carne in a pan on a wooden

Comida apimentada pode reduzir o risco de morte, aponta pesquisa

Mariana Castro16/01/2017
portrait of happy young business man at office

Levantar durante o trabalho ajuda a queimar calorias, diz estudo

Patricia Machado16/01/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Reduzir o consumo de sal poderia salvar milhões de vidas, aponta estudo

Patricia Machado16/01/2017
Feeling sick and tired.

Pesquisa descobre como o estresse aumenta o risco de doenças cardiovasculares

Mariana Castro15/01/2017
Woman meditating in the lotus position closeup

Meditação, Reiki e musicoterapia serão oferecidos pelo SUS

Patricia Machado13/01/2017