Saúde e Bem-Estar

Praticar tênis pode reduzir o risco de morte em qualquer idade, sugere estudo

Praticar tênis pode reduzir o risco de morte em qualquer idade, sugere estudo

A receita para uma vida longa já é do conhecimento de todos. Basicamente, é preciso manter uma alimentação balanceada, praticar atividade física com regularidade e ficar longe do estresse, um dos grandes vilões da saúde.

Uma nova pesquisa conduzida no Reino Unido, porém, acaba de revelar que um tipo específico de esporte pode colaborar ainda mais para a redução do risco de morte em qualquer idade. E, para a surpresa de todos, o resultado não apontou para o futebol ou a corrida, mas para esportes que usam raquetes, como o tênis e o badminton.

+ Os benefícios do esporte para o corpo e para a mente

+ Tomar banho frio realmente faz bem para a saúde?

A pesquisa, publicada no British Journal of Sports Medicine, ouviu 80.306 adultos com mais de 30 anos na Inglaterra e Escócia. Eles tiveram que responder diversos questionários sobre o seu estilo de vida e saúde entre 1994 e 2008. As avaliações continham perguntas sobre a rotina de exercícios, intensidade e duração.

O estudo mostrou que apenas 44% dos participantes atendiam às recomendações de 150 minutos de exercícios moderados por semana. Entre aqueles que praticavam alguma atividade, a pesquisa levou em consideração a idade, gênero, se eram ou não fumantes, entre outras coisas.

Os resultados foram curiosos. Andar de bicicleta, por exemplo, reduz apenas 15% do risco de morte. A prática de um exercício aeróbico, como a dança, contribui com 27%. Já os esportes com raquete, como tênis e badminton, reduzem 47% o risco de morte de pessoas de qualquer idade. Quando analisado especificamente o risco de morte por doenças cardiovasculares, os exercícios com raquete representaram uma capacidade de prevenção de 56% dos seus praticantes. A natação vem na sequência, com 41%. Dos 8.790 participantes que morreram no período do estudo, 1.909 foram por doenças cardiovasculares.

+ Caminhar uma hora por dia reduz o risco de morte precoce

+ Unhas podem indicar doenças e falta de vitaminas; veja 5 sinais

Para a surpresa dos pesquisadores, a corrida e o futebol não apresentaram resultados significativos na prevenção de morte. Mas isso não quer dizer que você já pode aposentar as chuteiras. “Nós temos 100% de certeza que a prática desses esportes faz bem para você, isso está claro, mas o que ainda não conseguimos ver é exatamente como esses benefícios podem prevenir a morte no longo prazo”, disse um dos autores do estudo Charlie Foster, da Universidade de Oxford, ao The Guardian.

Mais em Saúde e Bem-Estar

Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017
woman tired of diet restrictions craving sweets chocolate

Psicólogos desenvolvem técnica para controlar compulsão por chocolate

Mariana Castro06/04/2017