Praticar exercícios intensos pode afetar a libido dos homens, diz pesquisa

Por Mariana Castro em 16/03/2017

Tudo na vida é mais benéfico se feito com equilíbrio. De acordo com um novo estudo comandado pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, os exercícios físicos trazem diversos efeitos positivos para a saúde, mas, se praticados em excesso, podem gerar desequilíbrios negativos para o organismo masculino.

+ Cortar calorias pode ajudar no desempenho sexual, diz estudo

A pesquisa revelou que praticar atividades físicas em excesso pode diminuir a libido masculina, em comparação com aqueles que mantêm uma atividade moderada ou leve. Isso acontece, segundo especialistas, porque exercícios intensos tendem a diminuir o nível de testosterona, enquanto uma atividade regular e moderada faz exatamente o oposto com o hormônio.

Praticar exercícios de forma equilibrada também garante que o homem esteja melhor fisicamente e psicologicamente. Manter uma atividade exagerada, além de diminuir os hormônios ligados ao desejo sexual, deixa essas pessoas mais cansadas e sem motivação para o sexo, como sugerem os pesquisadores.

+ Menopausa precoce pode comprometer a saúde de quem quer engravidar

+ Problemas de saúde podem afetar o apetite sexual das mulheres

Para o estudo, mil homens foram entrevistados a respeito de sua vida sexual, histórico médico e prática de exercícios. Os resultados mostraram que rotinas de exercício moderadas ou leves – em intensidade ou duração – estavam relacionadas a homens com libido moderada ou alta. O contrário foi observado para homens que realizavam exercícios de longa duração ou intensidade.

Foto: Getty Images