Por que você não deve se exercitar quando estiver de ressaca

Por em 10/06/2016

Se você já ingeriu bebida alcóolica alguma vez na sua vida e acabou passando do limite (mesmo que tenha sido um pouquinho), você com certeza já teve uma ressaca. E, se você já esteve de ressaca, sabe como é tentar de tudo para que aquela sensação ruim desapareça, mas nada parece dar certo.

Mario Batali deu a seguinte sugestão à revista People: “Exercite-se. Basicamente, se você se levantar e praticar exercícios físicos durante 45 minutos e, em seguida, tomar uma cerveja, ela vai embora. Mas você precisa suar. Tenha em mente que uma ressaca é um veneno que encontra-se em áreas desidratadas. Você precisa bombeá-la para fora”.

+ Coréia do Sul cria sorvete que promete curar a ressaca

Parece uma boa dica. Mas, segundo Damion Martins, um médico da área de esportes e diretor de Medicina do Trabalho, Ortopedia e Medicina Esportiva do Atlantic Health System, de Nova Jersey, você não deve tentar isso em casa. “Você não pode suar a ressaca”, diz ele. “Ao tentar fazer isso, você irá desidratar ainda mais o seu corpo, resultando em efeitos ainda mais negativos”.

Martins explica: “Depois que você bebe álcool, ele é decomposto em seu corpo em ácido acético. O restante é excretado como toxina através da urina, respiração e suor. Quando você sua, a toxina é expelida do corpo. Quanto mais desidratado, mais concentrada a toxina fica no seu suor”.

Enquanto isso parece bom na teoria, Martins diz que não é verdade. “Se você correr enquanto estiver de ressaca, você está em um maior risco de tensões musculares, cãibras, tonturas e convulsões”, diz ele. “O álcool afeta sua fisiologia normal, levando a um aumento dos níveis de creatina quinase e lactato no sangue, o que pode ter efeito prejudicial sobre outros órgãos, causando aumento da dor muscular”. Basicamente, se exercitar enquanto está de ressaca pode fazer mais mal do que bem.

+ Sete dicas para curar a ressaca

Se você está de ressaca, Martins diz que a melhor coisa a fazer é se hidratar muito. Ele também recomenda ser cuidadoso com a ingestão de cafeína (uma vez que ela pode fazer com que você faça mais xixi, causando desidratação), especialmente à noite. “Quanto melhor for a qualidade do seu sono, melhor você se sentirá no dia seguinte”, diz ele.

E, claro, a melhor maneira de vencer a ressaca é impedir que isso aconteça em primeiro lugar — fato que sempre fica muito claro quando você está, justamente, na sua pior ressaca.