Poluição causa mais mortes do que conflitos armados, aponta relatório da ONU

Por Patricia Machado em 25/05/2016

Nesta semana, representantes de 173 países se reúnem para participar da segunda Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA-2). O objetivo do encontro é estabelecer acordos que permitam um desenvolvimento sustentável.

+ Tomar vinho no jantar faz bem para a saúde e autoestima, diz pesquisa

+ Alimentos que já foram considerados vilões da saúde e hoje são aliados de muitas dietas

No relatório apresentando na segunda-feira (23), a assembleia da ONU revelou que 12,6 milhões de pessoas morrem por ano por causa da poluição e degradação do meio ambiente. Esse número é 234 vezes maior do que o provocado pelos conflitos armados.

Segundo o estudo intitulado “Meio ambiente saudável, gente saudável”, mais de 25% das mortes de crianças menores de cinco anos e 23% das mortes registradas a cada ano acontecem devido à deterioração da natureza. Além disso, a maior parte dos falecimentos se concentra no Sudeste Asiático e no Oeste do Pacífico.

O relatório constatou ainda que a poluição ambiental é a causadora de muitas doenças respiratórias. Essas enfermidades matam 7 milhões de pessoas anualmente.

Foto: Thinkstock