Saúde e Bem-Estar

Pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes, diz pesquisa

Pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes, diz pesquisa

Em uma situação do cotidiano, você prefere ajudar uma pessoa e exercitar o seu altruísmo ou você acaba pensando demais no assunto e avaliando se aquela pessoa faria o mesmo por você? Uma pesquisa comandada pelo psicólogo norte-americano David Rand, da Universidade Yale, nos Estados Unidos, descobriu que as pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes antes de agir em prol do bem-estar de um amigo ou conhecido.

+ Cientistas identificam onde está a felicidade no cérebro

+ Atividades e serviços que são melhores no frio 

Para chegar a essa descoberta, o psicólogo analisou 67 estudos que foram publicados anteriormente e que tratavam sobre a cooperação humana em jogos. No total, as pesquisas analisavam o comportamento de 17.647 participantes.

Ao computar os resultados dos estudos, o cientista observou que o pensamento humano é dividido em duas categorias: o pensamento rápido e o pensamento lento. O pensamento rápido está lidado à intuição do indivíduo, uma vez que esse pensamento não precisa de muita deliberação da consciência. Já o pensamento lento é caracterizado pela necessidade do indivíduo avaliar com cuidado a situação na qual está se envolvendo.

Além disso, ele percebeu que nas vezes em que os participantes dos estudos eram estimulados a usarem a intuição, ao invés da estratégia, eles eram 17,3% mais colaborativos e altruístas com seus colegas.

Por causa disso, David elaborou a teoria de as experiências vividas previamente são capazes de fazer com que as pessoas aprendam a desenvolver respostas intuitivas para colaborar e ajudar as demais.

Isso quer dizer que se o indivíduo passou por situações nas quais cooperar com os outros se provou ser uma boa ideia, esse comportamento se tornará intuitivo e ele poderá ser chamado de altruísta. Mas, se ele começar a pensar demais sobre a situação que está vivenciando, ele será estrategista e poderá tentar tirar vantagem do ocorrido.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

Bananas is good way for healthy carbs

O que comer antes e depois de uma atividade física?

Mariana Castro21/02/2017
Woman receiving cosmetic treatment

Como rejuvenescer a pele sem realizar procedimentos cirúrgicos?

Patricia Machado21/02/2017
Girls dancing at the festival

Dicas para cuidar dos olhos durante o carnaval

Redação Apontador20/02/2017
Happy woman at cafe using laptop

Marca de preservativos lança primeiro chatbot sobre saúde sexual no Brasil

Mariana Castro20/02/2017
Woman measuring her waist

Gene encontrado em verme pode ajudar a combater a obesidade, aponta estudo

Mariana Castro20/02/2017
Marijuana bud

Anvisa autoriza uso de medicamento à base de maconha para tratamento de Alzheimer

Patricia Machado17/02/2017
Doctor's and patient's hand

Câncer é a principal causa de morte por doença entre pessoas de 15 e 29 anos, diz estudo

Patricia Machado15/02/2017
idoso cartao de natal - imagem 3 - reproducao

Idoso com demência recebe cartões no dia dos namorados de pessoas desconhecidas

Mariana Castro14/02/2017
Noisy Nursery Lesson

Ruído nas escolas pode acarretar danos à audição de alunos e professores

Redação Apontador14/02/2017
Measuring fatty abdominal

Dormir menos de 7 horas por dia engorda, garante estudo

Patricia Machado13/02/2017
Alcohol cleaning gel

Anvisa suspende lote de gel antisséptico

Mariana Castro13/02/2017
girl in the forest uses the spray against mosquitoes

Oito produtos que podem perder o efeito ou fazer mal à saúde após o prazo de validade

Redação Apontador13/02/2017
Father and son future

Poupatempo ajuda no reconhecimento de parternidade

Mariana Castro13/02/2017
Audience with hands in the air at a music festival

Pesquisa descobre que música, sexo e drogas ativam as mesmas substâncias no cérebro

Mariana Castro10/02/2017
cadeira de rodas - divulgacao

Tecnologia permite que cadeiras de rodas sejam guiadas por expressões faciais

Patricia Machado10/02/2017