Saúde e Bem-Estar

Pessoas hipocondríacas têm mais chances de sofrer ataques cardíacos

Pessoas hipocondríacas têm mais chances de sofrer ataques cardíacos

Se você já assistiu programas médicos demais e fica encanado com qualquer mínima alteração que sente no corpo, atenção: sua preocupação pode fazer mal à saúde. Um novo estudo revelou que pessoas que se preocupam desnecessariamente com a saúde têm mais que o dobro de chances de desenvolver sérios problemas de coração.

+ Raiva e exercícios intensos elevam o risco de ataque cardíaco, aponta estudo

+ Falta de sono pode fazer você comer mais, sugere pesquisa

A pesquisa foi feita com mais de 7 mil pessoas e mostrou que aquelas com altos níveis de ansiedade em relação à saúde correm mais riscos de ataques cardíacos fulminantes ou dores súbitas no peito. Isto porque hipocondríacos colocam seus corpos em constante estado de alerta. Essa checagem incessante e o estresse consequente dela aumentam os riscos de problemas cardíacos.

“Essas pessoas ficam em alerta na intenção de controlar e detectar sinais precoces de doenças graves”, falou o time de pesquisadores da Universidade de Bergen, na Noruega. “Mas a atenção persistente e exagerada aos sintomas acaba por pressionar os sistemas corporais e aumentar o risco de doenças cardiovasculares”.

+ Vida sexual ativa reduz a chance de problemas cardíacos em mulheres mais velhas, diz estudo

+ Jantar depois das 19h aumenta o risco de ataque cardíaco, aponta pesquisa

Para o estudo, foram examinados os níveis de ansiedade com relação à saúde de cada paciente através de questionários. Eles também foram monitorados durante 12 anos. Em porcentagem, dos 10 pacientes com níveis mais altos de preocupação com relação à saúde do corpo, 6.1 sofreram de ataque cardíaco ou angina. Esse número é mais do que duas vezes maior dos que os casos entre os pacientes que não encanavam com a saúde.

Os cientistas noruegueses acreditam que isso é causado por uma atividade intensa nas partes do corpo que controlam hormônios do estresse, como o cortisol e a adrenalina. Se você está estressado, sua pressão sanguínea se eleva e a frequência cardíaca também aumenta. Homens hipocondríacos estão mais suscetíveis a serem afetados, com 78% de chances de problemas cardíacos. Para as mulheres, essa porcentagem é de 58%.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Pregnant woman touching her naked abdomen

Fases da lua e dia da relação sexual podem influenciar na gestação

Mariana Castro26/03/2017
Father and son together

Ter filhos aumenta a expectativa de vida, diz estudo

Mariana Castro25/03/2017
Child's Hands Under Water Tap

Artistas ficam sem água por um dia para campanha de conscientização

Patricia Machado24/03/2017
Ball of pizza dough on a rustic wooden background

Baixo consumo de glúten pode levar à diabetes, aponta estudo

Mariana Castro24/03/2017
Captura de Tela 2017-03-21 às 15.55.05

Spa oferece serviço para bebês e faz sucesso na Austrália

Mariana Castro23/03/2017
Beautiful Norwegian landscape in the mountains

ONU divulga ranking com os países mais felizes do mundo

Mariana Castro22/03/2017
Drinking beer at bar

Pesquisa mostra que homens precisam consumir bebidas alcoólicas para socializar

Mariana Castro21/03/2017
Everything will be ok, I promise

Produtos infantis causam um acidente em bebês a cada 8 minutos

Mariana Castro21/03/2017
Happy Coffee Cup

Cafeína estimula enzima que pode prevenir demência, diz pesquisa

Mariana Castro20/03/2017
fat boy overweight. Tight shirt.

Cinco mitos sobre a obesidade infantil

Redação Apontador17/03/2017
Picture of pregnant woman holding heart sign to one side

Como funciona o processo de congelamento de óvulos?

Redação Apontador17/03/2017
Head full of thoughts when she is around

Praticar exercícios intensos pode afetar a libido dos homens, diz pesquisa

Mariana Castro16/03/2017
4 friends with drinks, sharing a pizza

Comer fora de casa aumenta as chances de sair da dieta, aponta estudo

Mariana Castro16/03/2017
Woman using mobile phone

Redes sociais aumentam a sensação de solidão, afirma pesquisa

Mariana Castro15/03/2017
I hate a vegetables! I'm not eating this!

Carência de ferro no organismo pode afetar o desenvolvimento físico e intelectual

Redação Apontador14/03/2017