Saúde e Bem-Estar

Pesquisadores descobrem “interruptor” no cérebro que desliga para acordarmos

Pesquisadores descobrem “interruptor” no cérebro que desliga para acordarmos

Não há nada melhor do que acordar sem o barulho de um despertador, mesmo que, para a maioria das pessoas, isso aconteça pouquíssimas vezes. Agora, um novo estudo está em curso para descobrir o que leva o nosso cérebro a acordar naturalmente. Isso resolveria o mistério daqueles que planejam dormir por longas horas no domingo, mas acordam cedo sem motivo aparente.

+ Pessoas que dormem e acordam cedo tem o coração mais saudável, diz pesquisa

+ Brasileiros dormem menos, diz pesquisa

Os pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, acreditam que o cérebro possui um mecanismo similar ao de um termostato, dispositivo que controla a temperatura de determinado espaço. Como um interruptor, esse mecanismo ligaria ou desligaria de acordo com a necessidade do corpo, visando sua estabilidade.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas estudaram os neurônios responsáveis pelo sono das moscas, pois acreditam que estes também se apresentam nos seres humanos. Dessa maneira, se os neurônios estão ativos, a mosca está dormindo e, quando eles estão parados, a mosca está acordada.

Para estimular a atividade desses neurônios, os pesquisadores injetaram dopamina, que é um neurotransmissor que pode ser liberado com o uso de drogas estimulantes, como a cocaína. Essa substância levou os neurônios de controle do sono a pararem suas atividades, fazendo as moscas acordarem. Quando o grupo parava o envio de dopamina, os neurônios voltavam a ficar eletricamente ativos e a mosca dormia.

Isso acontece porque, com a presença da dopamina, o canal iônico, que controla os impulsos elétricos responsáveis pela comunicação das células do cérebro, promove curtos-circuitos nos neurônios que os desligam, levando o animal a acordar. Diogo Pimentel, um dos líderes do estudo, falou: “Descobrir como operar esse interruptor do sono tem nos dado a chance de entender melhor o funcionamento do cérebro”.

+ Dormir duas vezes ao dia é melhor do que ter uma longa noite de sono, afirmam pesquisadores

Publicado no jornal Nature, o estudo é um progresso para desvendar o mistério do sono, que é debatido há décadas. Apesar da descoberta do mecanismo similar a um termostato, os pesquisadores ainda não sabem ao certo o que corresponde à temperatura em nosso cérebro. “O sistema mede algo em nosso cérebro que, ao atingir certo nível, nos leva a acordar. A grande pergunta é: o que é medido?”, questionou o professor Miesenböck, um dos autores da pesquisa, ao Daily Mail.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

Little boy, sneezing and blowing his nose outdoor

Como proteger as crianças de doenças respiratórias no inverno?

Patricia Machado20/07/2017
Women Friends Enjoyment Coffee Times Concept

Como a cafeína afeta o corpo humano?

Patricia Machado19/07/2017
Woman in a winter mountain putting sunsceen on her face.

É importante utilizar filtro solar no inverno?

Patricia Machado17/07/2017
Group of happy friends toasting cup of coffee

Consumo de café pode aumentar a expectativa de vida, apontam pesquisas

Patricia Machado13/07/2017
Beautiful smiling cute baby

Como cuidar e higienizar os dentes de leite?

Patricia Machado10/07/2017
Woman cleaning face in bathroom

Cuidados essenciais com a pele do rosto durante a noite

Redação Apontador07/07/2017
fridge with food

Cinco alimentos que ajudam a combater a ansiedade

Patricia Machado06/07/2017
Woman hands in gloves holding a mug

Dicas para ter uma alimentação saudável no inverno

Patricia Machado05/07/2017
Homemade chocolate

Chocolate faz bem para o cérebro e melhora a qualidade do sono, diz pesquisa

Patricia Machado04/07/2017
Sneezing woman

Como fortalecer a sua imunidade no inverno?

Mariana Castro30/06/2017
Senior black couple dancing in their back garden

Casamento contribui para a saúde e longevidade do casal, conclui estudo

Mariana Castro21/06/2017
Vegetable salad

Dieta vegetariana ajuda na perda de peso, conclui pesquisa

Patricia Machado19/06/2017
Depressed young crying woman - victim

Síndrome do Pânico: entenda o transtorno que pode ameaçar a convivência social

Mariana Castro13/06/2017
Young female tech or scientist performs protein assay

Medicamento modificado em laboratório combate bactérias resistentes a antibióticos

Mariana Castro08/06/2017
Quarrels upset child

Divórcio conflituoso dos pais prejudica a saúde dos filhos até a idade adulta, diz estudo

Mariana Castro07/06/2017