Saúde e Bem-Estar

Pesquisa descobre como a fome influencia as atitudes das pessoas

Pesquisa descobre como a fome influencia as atitudes das pessoas

Quando estamos famintos, parece que nos transformamos em outra pessoa. Muitas vezes ficamos irritados e até paramos de racionar enquanto não conseguimos comer. Com base nessas experiências, uma pesquisa feita nos Estados Unidos quis entender qual era o poder da fome no organismo humano.

+ Cinco receitas de sanduíches saudáveis para matar a fome

+ Nutricionistas explicam o que pode estar te deixando sempre com fome

Para realizar o estudo, os cientistas do National Institutes of Health comandaram três experiências com ratos de laboratório. A primeira parte do estudo queria entender como animais com fome e sede se comportavam. Por isso, parte dos ratos estava passando fome e sede enquanto os demais estavam apenas com sede. Ao soltá-los em uma gaiola com água e comida, os animais que apresentavam as duas condições ignoraram a sede e procuraram a comida imediatamente.

Depois, os cientistas verificaram como a fome se sobrepõe à sensação de medo. Eles passaram uma substância química que é semelhante à de uma raposa em uma gaiola em que havia comida. Parte dos ratos estava com fome enquanto os demais estavam saciados. Ao soltarem os animais, quem estava com fome ignorou o medo e entrou na gaiola para pegar o alimento.

Por fim, a pesquisa fez um teste para entender como a fome abalava as relações sociais. Como feito nas experiências anteriores, parte dos ratos estava com fome. Além disso, na gaiola em que havia alimento também havia um rato porque esses animais são sociáveis e gostam de interagir com os demais. Quando libertados, os animais que estavam famintos ignoraram a presença do outro rato e procuraram a comida imediatamente enquanto os outros brincaram com o animal.

Com base nessas evidências, os pesquisadores concluíram que a sensação de fome é tão poderosa que ela faz com que as pessoas ignorem seus medos, amigos e até outras necessidades, como estar com sede. A pesquisa foi publicada no periódico Neuron

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017