Pesquisa comprova que alimentos são contaminados assim que caem no chão

Por Patricia Machado em 10/10/2016

Talvez você queira pensar duas vezes antes de comer um alimento que caiu no chão. Por mais que o ditado popular diga que basta assoprar a comida ou até ingeri-la antes de cinco segundos para ficar livre dos riscos, uma nova pesquisa constatou o contrário. O estudo revelou que leva menos de um segundo para que um alimento que caiu no chão seja contaminado por bactérias.

+ Seis alimentos para comer antes do primeiro encontro

+ Nutricionistas explicam o que pode estar te deixando sempre com fome

Os pesquisadores da Rutgers University, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, foram liderados pelo professor Donald Schaffner. Para entender como a contaminação acontecia, eles fizeram com que quatro tipos de alimentos (pão branco, pão com manteiga, melancia e bala de goma) entrassem em contato com quatro tipos de pisos (azulejo, madeira, carpete e aço inox).

As superfícies foram contaminadas com a bactéria Enterobacter aerogenes, que é similar à salmonela, e os alimentos foram expostos ao chão por um, cinco, 30 e 300 segundos. “O ditado popular que estabeleceu a regra dos cinco segundos diz que se a comida cair no chão e for pega imediatamente, ela está segura porque as bactérias precisam de tempo para serem transferidas para o alimento”, explicou Donald ao Daily Mail.

Mas os resultados revelaram que, na verdade, os alimentos são contaminados por bactérias em apenas um segundo. Além disso, alimentos úmidos, como a melancia, são infectados ainda mais rapidamente. A pesquisa também constatou que o carpete foi a superfície menos contaminante porque o tecido impede que o alimento entre em contato imediatamente com a sujeira. Mas isso não significa que a superfície seja mais limpa ou segura.

Foto: Getty Images