Passar fio dental pode ser desnecessário, revela pesquisa

Por Patricia Machado em 04/08/2016

Se você já foi ao dentista alguma vez na vida, com certeza, o profissional te orientou a passar fio dental regularmente nos dentes para evitar problemas com a saúde bucal. No entanto, uma pesquisa polêmica relatou que existem poucas provas de que usar fio dental realmente funciona. Por causa disso, a importância desse costume talvez tenha sido superestimada.

+ Obesidade pode afetar a saúde bucal, diz pesquisa

+ Aplicativos que ajudam a diminuir o estresse

Recentemente, o guia Dietary Guidelines for Americans, que funciona como uma espécie de manual para direcionar políticas e atitudes sobre a saúde norte-americana, retirou a indicação de utilização de fio dental do relatório.

O principal motivo para isso está no fato de que tudo o que está no guia precisa estar baseado em fatos comprovados cientificamente – o que não acontece com o fio dental. No entanto, a indicação do fio dental havia sido introduzida no guia em 1990.

Intrigado com a decisão, a agência de notícias Associated Press resolveu reunir 25 pesquisas que comparavam o uso da escovação com o hábito de escovar os dentes e passar o fio dental. Após a análise dos dados, o estudo da agência concluiu que o uso de fio dental é pouco confiável e promove poucos benefícios para a manutenção da saúde bucal.

Independentemente da descoberta, o comunicado mais recente e que foi divulgado pelo Ministério da Saúde em 2013 aconselha complementar a escovação com a utilização do fio dental.

Foto: Thinkstock