Saúde e Bem-Estar

Nova droga traz esperanças para quem sofre de Alzheimer

Nova droga traz esperanças para quem sofre de Alzheimer

Um novo remédio parece, pela primeira vez, conseguir diminuir a deterioração do cérebro causada pelo Alzheimer. A descoberta é um sopro de esperança para os pacientes que sofrem com a doença.

A substância denominada LMTX tem se mostrado capaz de melhorar as atividades cognitivas e retardar o encolhimento do cérebro em pessoas que ainda não tomam nenhuma medicação e têm Alzheimer leve ou moderado.

+ Pessoas com Alzheimer compartilham as memórias que nunca querem esquecer; Assista

O estudo foi feito com 891 pessoas, das quais 85% já tomavam remédios para o controle da enfermidade. O LMTX não se mostrou eficaz nesses casos, mas promoveu uma redução de 33% a 38%, dependendo da dose, nos outros 82 participantes que foram tratados apenas com a substância.

O mal de Alzheimer afeta drasticamente as habilidades cognitivas de quem tem a doença. A nova droga, entretanto, proporcionou uma melhoria significativa nesse aspecto e na realização de tarefas do dia a dia após 15 meses de uso do medicamento.

Segundo o The Independent, o experimento foi o primeiro a testar uma droga que tem como alvo as proteínas tau do cérebro. O Alzheimer causa uma mudança na estrutura dessa proteína – o que leva aos sintomas da doença – e o LMTX interfere nesse processo.

+ Saiba como o estresse pode afetar seu cérebro

Desenvolvido pela Alzheimer’s Society, no Reino Unido, o estudo ainda precisa ser aprofundado. “Ainda há muitas perguntas a serem respondidas como, por exemplo, por que a droga parece não funcionar em quem já toma outro tipo de medicação para a doença, mas temos feito grandes avanços para, um dia, revertemos o quadro de quem sofre com a doença”, disse Doug Brown, diretor da pesquisa.

O mal de Alzheimer afeta 46,9 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a associação Alzheimer’s Disease International. Seus sintomas incluem esquecimento, desorientação, dificuldades na fala e na mobilidade, alucinações e mudanças na personalidade.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

old woman looking in a window

Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

Mariana Castro27/04/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Mariana Castro27/04/2017
Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017