Mitos e verdades sobre cuidados com os pés

Por em 24/06/2016

Os pés também exigem hábitos e cuidados regulares para ficarem sempre macios, lisinhos e com uma boa aparência. Mas como saber o que é realmente importante observar no dia a dia e o que é exagero em relação aos cuidados que devem ser adotados?

+ Crocs não devem ser usados todos os dias, afirma podólogo

+ Conheça os perigoso de usar salto alto todos os dias

“É preciso cautela quando se ouve alguém dizer que determinado hábito pode fazer bem ou mal para os pés, pois tudo dependerá da frequência, dos materiais utilizados e até mesmo do estado de saúde da pessoa”, explica a podóloga Claudia Andrea Olindino, consultora da linha Footner, da MIP Brasil Farma. Ela dá dicas para você desvendar as verdades e mitos sobre os cuidados com os pés. Confira:

Lixar os pés com lixas comuns engrossa a pele? Verdade.

Ao lixar as solas, que são a parte dos pés que acabam sendo as mais sobrecarregadas devido ao peso do próprio corpo e ao uso de calçados inadequados, o corpo rapidamente forma uma pele mais espessa no lugar daquela que foi retirada. O ideal é, em vez de lixar os pés, esfoliá-los.

O formato da unha facilita o encravamento? Verdade.

As unhas dos pés devem ser lixadas em formato quadrado, pois se forem lixadas redondas podem facilitar o encravamento.

Bolhas nos pés devem ser estouradas? Mito.

É preciso permitir que as bolhas estourem sozinhas, pois elas regeneram-se facilmente. Segundo a consultora, fazer força para estourá- las pode causar inflamação na região do pé.

Hidratar os pés regularmente ajuda a prevenir calosidades? Verdade.

Verdade. Hidratar os pés com produto específico é fundamental e ajuda na prevenção de calosidades e outros problemas. Além de hidratar, a especialista recomenda o uso de esfoliantes a cada dois ou três meses.

Sapatos de bico fino causam joanetes? Mito.

O joanete é uma inflamação da articulação do dedão do pé. É hereditária e tende a aparecer mais nas mulheres. O uso de sapatos apertados comprime os dedos e pode piorar a situação, mas não são a origem do problema.

Calos são causados pelo atrito com os calçados? Verdade.

Os calos se formam devido à pressão ou atrito em uma área dos pés e, para se proteger, a pele se acumula na área pressionada. Calos não tratados podem ter um núcleo e atingir maior profundidade, alcançando nervos e causando dores. “Também por isso, é importante evitá-los”, explica a podóloga.