Saúde e Bem-Estar

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Cada vez mais se fala em meditação como uma prática para promover o bem-estar e a saúde em geral. Um novo estudo realizado pelo Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, revelou que meditar regularmente pode, de fato, reduzir o estresse e os problemas de saúde decorrentes dele.

+ Conheça os benefícios da meditação e saiba onde aprender a técnica

+ Meditação, reiki e musicoterapia serão oferecidos pelo SUS

Para a pesquisa, 70 mulheres participaram de encontros semanais, ao longo de oito semanas, com 1h30 de duração. Elas praticavam as atividades de relaxamento, respiração, atenção e psicologia positiva. As voluntárias também foram instruídas a praticar a técnica em casa, ao menos quatro vezes por semana por quinze minutos, através de áudios com meditações guiadas.

Os resultados mostraram uma redução de 35,3% nos sintomas de estresse, que é um dos maiores problemas da atualidade. Como sentimentos de tristeza e preocupação são sintomas psiquiátricos ligados ao estresse, eles também foram amenizados em 27,84%, além de haver uma queda de 14% na frequência de emoções negativas, como medo e irritação.

+ A meditação pode transformar o seu cérebro e te tornar muito mais produtivo

Para a análise dos resultados, as participantes responderam questionários e realizaram exames de ressonância magnética. Eles descobriram que houve uma mudança no padrão de funcionamento do cérebro após o começo dos exercícios de meditação.

Psicologia positiva

As aulas a que as participantes foram submetidas focaram em práticas contemplativas, de relaxamento, meditação e atenção plena. Mas, o principal diferencial foi o uso da psicologia positiva.

“Em vez de tratar doenças, a psicologia positiva ajuda as pessoas a desenvolverem suas virtudes, associadas a práticas de gratidão e ao cultivo da empatia nas relações pessoais. Mais do que reduzir o estresse, isso revê formas de olhar o mundo, mudando o foco dos problemas e acontecimentos negativos na vida, para os positivos”, explicou Elisa Kozasa, pesquisadora responsável pelo estudo no Instituto do Cérebro, à Veja.

Foto: Getty Images

Saúde e Bem-Estar

Mais em Saúde e Bem-Estar

old woman looking in a window

Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

Mariana Castro27/04/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Mariana Castro27/04/2017
Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017