Saúde e Bem-Estar

Marketing infantil pode ajudar as crianças a consumirem mais vegetais, revela estudo

Marketing infantil pode ajudar as crianças a consumirem mais vegetais, revela estudo

A questão acerca do marketing infantil é polêmica. Muito se discute sobre o impacto das ações publicitárias diretamente voltadas às crianças. Em alguns lugares do mundo, a prática é até proibida.

Um estudo publicado recentemente no periódico Pediatrics, porém, alerta para o retorno positivo do marketing infantil quando usado “para o bem”.

+ Restaurantes para ir com as crianças

+ Como lidar com as birras das crianças

Pesquisadores das universidades de Ohio e Cornell, nos Estados Unidos, usaram técnicas de marketing para convencer as crianças a consumirem mais vegetais em dez escolas do ensino fundamental. Os resultados foram animadores.

As escolas foram divididas em quatro grupos. No primeiro, as crianças foram expostas a cartazes de vinil ao longo do buffet de self-service. Neles, os vegetais apareciam como super heróis. No segundo grupo as crianças assistiram a um programa educacional que falava sobre os benefícios do consumo de vegetais. Já no terceiro elas foram expostas às duas abordagens: cartazes e programa de TV. O quarto atuou como grupo de controle.

Ao final de seis semanas, os pesquisadores levantaram os dados gerados por 22.206 alunos. Os resultados surpreenderam: o grupo que foi exposto aos personagens em banners consumiu 90,5% mais vegetais no período. Já o grupo impactado por ambas as ações mostrou um aumento de 239,2% no consumo de verdes.

“Muitas pessoas ainda se mostram relutantes, dizendo que o marketing é ‘do mal’”, disse um dos autores da pesquisa, David R. Just, ao jornal The New York Times. “Mas eu tenho que discordar. É possível usar essas técnicas para o bem”.

Just alerta: “Isso precisa se tornar um programa nacional. O McDonald’s só vende porque trabalha o seu marketing de todos os lados”.

Fonte: The New York Times

Mais em Saúde e Bem-Estar

HIV blood sample

Mais de 110 mil brasileiros têm o vírus do HIV e não sabem disso, aponta relatório

Patricia Machado01/12/2016
Selection of tropical fruits on white background

Laranja e abacaxi são os alimentos que contém mais agrotóxicos

Mariana Castro01/12/2016
Pretty Woman makes a choice between bad food

Coaching de emagrecimento é novidade para quem deseja perder peso

Carolina Romanini01/12/2016
Reassuring patient

Campanha mostra a importância da busca por informações corretas em casos de câncer

Patricia Machado01/12/2016
Fun old woman

Aumenta expectativa de vida do brasileiro, segundo IBGE

Redação Apontador01/12/2016
pessoa mais velha do mundo - AP4

Pessoa mais velha do mundo completa 117 anos e revela o segredo da longevidade

Carolina Romanini01/12/2016
Young man and woman working together in architects office

Olhar nos olhos durante uma conversa dificulta o funcionamento do cérebro

Mariana Castro01/12/2016
Woman playing tennis

Praticar tênis pode reduzir o risco de morte em qualquer idade, sugere estudo

Redação Apontador30/11/2016
girl with pink striped socks, sleeping in bed

Dormir de meias pode ser bom para o sono e até mesmo para o sexo

Mariana Castro30/11/2016
Manicure and care for beautiful woman nails

Unhas podem indicar doenças e falta de vitaminas; veja 5 sinais

Redação Apontador29/11/2016
Woman folding skin on her hips

Mitos e verdades sobre a celulite

Carolina Romanini29/11/2016
Difficult journey

6 dicas para preservar a coluna em viagens

Carolina Romanini28/11/2016
Drawing in adult coloring book

Costurar, pintar e cozinhar podem aliviar o estresse e a depressão, dizem especialistas

Mariana Castro28/11/2016
Nothing interesting to watch.

Jovens estão sofrendo com problemas da “velhice” cada vez mais cedo

Mariana Castro28/11/2016
woman with sensitive teeth

5 dicas para prevenir a retração da gengiva

Redação Apontador28/11/2016