Saúde e Bem-Estar

Linfoma não-Hodgkin: entenda a doença de Edson Celulari

Linfoma não-Hodgkin: entenda a doença de Edson Celulari

Apesar de não estar entre os tipos de câncer mais comuns, nesta semana, o linfoma não-Hodgkin (câncer no sistema linfático) chamou a atenção de todo o país. Isto porque na segunda-feira (20), o ator Edson Celulari revelou ao público que está enfrentando a doença. O tumor, aliás, é do mesmo tipo que afetou o ator Reynaldo Gianecchini, a autora Glória Perez e a presidente afastada Dilma Rousseff.

Estima-se que o linfoma não-Hodgkin tenha uma incidência de 20 casos por 100 mil habitantes nos Estados Unidos, resultando em aproximadamente 72 mil novos casos por ano. Os dados são da SEER, data base do governo americano.

famosos que tiveram câncer linfoma

Reynaldo Gianecchini, Glória Perez e Dilma Rousseff já tiveram o infoma não-Hodgkin

No Brasil, cerca de 10.240 pessoas serão diagnosticadas com esse tipo de linfoma em 2016, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). O Rio Grande do Sul é o Estado com maior incidência: 9,83 a cada 100 000 homens e 8,35 a cada 100 000 mulheres são afetados pela doença.

+ Lúpus atinge dez vezes mais mulheres do que homens

Mas quais as características desta doença? As células do sistema imune, os linfócitos, se tornam malignas e dão origem aos linfomas, que podem ser do tipo Hodgkin e não-Hodgkin. Os linfomas não-Hodgkin podem ser agressivos ou pouco agressivos. O fato curioso é que na maior parte dos casos não há causas que predispõem ao aparecimento dos linfomas.

“Em uma minoria dos casos, a doença se desenvolve em cenários mais específicos, como em pacientes em uso de drogas imunossupressoras, no pós-transplante ou em caso de algumas infecções”, explica o hematologista Phillip Scheinberg do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes, da Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Os linfoma geralmente aparecem com o aumento dos linfonodos, também conhecidos como ínguas, que podem se manifestar na região do pescoço, axilas, tórax ou abdômen. Outros sintomas são febre, mal estar geral, sudorese e perda de peso. Menos comumente, eles podem afetar estruturas como pulmão, fígado, ossos, trato gastrointestinal e cérebro.

+ 9 mudanças de hábitos que podem ajudar na prevenção do câncer

+ Bebidas muito quentes podem causar câncer de esôfago, diz OMS

O tratamento varia de acordo com o grau de envolvimento pela doença e o seu comportamento (mais ou menos agressivo). Em algumas formas menos agressivas do não-Hodgkin é possível apenas observar. Já nas formas mais agressivas, sempre é requerido o tratamento inicial com quimioterapia. Drogas imunoterápicas e terapias-alvo estão entre as novidades da área.

Segundo o hematologista, outra curiosidade é que, infelizmente, não há como prevenir este tipo de câncer. “É preciso estar atento aos sintomas e procurar um médico para que possa ser realizada uma avaliação e a conduta mais indicada”, orienta.

Mais em Saúde e Bem-Estar

Mexican chili con carne in a pan on a wooden

Comida apimentada pode reduzir o risco de morte, aponta pesquisa

Mariana Castro16/01/2017
portrait of happy young business man at office

Levantar durante o trabalho ajuda a queimar calorias, diz estudo

Patricia Machado16/01/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Reduzir o consumo de sal poderia salvar milhões de vidas, aponta estudo

Patricia Machado16/01/2017
Feeling sick and tired.

Pesquisa descobre como o estresse aumenta o risco de doenças cardiovasculares

Mariana Castro15/01/2017
Woman meditating in the lotus position closeup

Meditação, Reiki e musicoterapia serão oferecidos pelo SUS

Patricia Machado13/01/2017
medium roast steak

Consumir carne vermelha em excesso pode causar doença intestinal, diz estudo

Mariana Castro13/01/2017
bonecas de proposito - reprodução

Aposentada cria bonecas terapêuticas para confortar crianças internadas

Mariana Castro13/01/2017
Boy using digital tablet while lying on rug at home

Uso excessivo de dispositivos móveis pode causar problemas de visão em crianças, diz estudo

Patricia Machado12/01/2017
projeto acucar - capa - reproducao

Projeto mostra a quantidade de açúcar em produtos industrializados

Patricia Machado11/01/2017
tired woman runner taking a rest after running hard

Fazer exercícios apenas no final de semana pode ser bom para a saúde, diz pesquisa

Mariana Castro11/01/2017
Woman smoker smoking a filter tip

Tabagismo deve causar a morte de 8 milhões de pessoas por ano até 2030, diz estudo

Patricia Machado10/01/2017
Man sleeps on office table over laptop with coffee

Uma hora de sono após o almoço pode rejuvenescer o cérebro, diz pesquisa

Mariana Castro10/01/2017
Young Female Patient Talking To Nurse In Emergency Room

Hospital exclusivo para mulheres é inaugurado na Bahia

Patricia Machado09/01/2017
Woman cleaning ear

Por que não é recomendável limpar o ouvido com cotonete?

Mariana Castro09/01/2017
traffic

Viver perto de vias movimentadas aumenta o risco de demência, diz estudo

Patricia Machado06/01/2017