Idoso com demência recebe cartões no dia dos namorados de pessoas desconhecidas

Por Mariana Castro em 14/02/2017

Jim Gaboardi tem 89 anos e mora em Connecticut, nos Estados Unidos. Ele sofre de demência, uma perturbação psicológica que afeta milhões de idosos. Ela é caracterizada pela perda gradual da função cerebral, o que leva a problemas de memória, raciocínio e comportamento e pode alterar a personalidade do paciente.

+ Aposentada cria bonecas terapêuticas para confortar crianças internadas

+ Garoto deixa o cabelo crescer por dois anos para ajudar crianças com câncer

Jim foi diagnosticado com a condição há cinco anos, mas ela começou a piorar nos últimos meses. No Natal do ano passado, ele já não queria mais se alimentar e estava muito desanimado. Vendo a doença tomar conta de seu avô, Meghan Henriques-Parker decidiu criar uma ação nas redes sociais para que qualquer pessoa com boa vontade escrevesse uma carta para ele.

A ideia surgiu após Jim lhe falar que há muito tempo não recebia nenhuma correspondência e ela achou que isso iria animá-lo. “Eu estava me sentindo péssima, então, eu postei no Facebook um pedido para que as pessoas lhe enviassem cartões de Natal”, contou ela à ABC News. Após o pedido da neta nas redes sociais, ele recebeu mais de 350 cartões de pessoas desconhecidas e até voltou a comer novamente.

+ Garotinho aprende a costurar para presentear outras crianças

No entanto, aparentemente, as pessoas guardaram o endereço de Jim e resolveram repetir a boa ação no Dia dos Namorados, que foi comemorado na terça-feira, 14, nos Estados Unidos. Ele recebeu demonstrações de afeto de diversas partes do país. Uma professora no Arizona até promoveu uma atividade em classe para que seus alunos produzissem os cartões para o avô de Meghan. “Eu espero que essa história inspire os outros a ajudar e ter compaixão por pessoas com demência”, disse a neta no Facebook.

idoso cartao de natal - imagem 1 - reproducao

idoso cartao de natal - imagem 2 - reproducao

Fotos: Reprodução