Saúde e Bem-Estar

Gene dos ruivos pode aumentar o risco de câncer de pele, segundo estudo

Gene dos ruivos pode aumentar o risco de câncer de pele, segundo estudo

Segundo um estudo publicado na revista científica Nature Communications, ruivos têm maior risco de desenvolver câncer de pele, mesmo que não haja exposição ao sol.

+ Consumo de gorduras saturadas aumenta os riscos de morte precoce, revela estudo

+ Campanha inova e conta com a ajuda de um homem para alertar sobre o câncer de mama

Até então, sabia-se que pessoas de cabelo ruivo, pele branca e sardas podem se queimar rapidamente quando expostas ao sol. Mas, as novas descobertas sugerem que a variante genética de pessoas desse biótipo influencia nas chances de se ter a doença, independentemente da radiação a que foram expostas.

Para chegar a essa conclusão, uma análise genética foi feita com mais de 400 pessoas e mostrou que os ruivos possuem uma variante do MC1R, gene responsável por dar cor à pele e aos cabelos. Isso provoca 42% mais mutações, o que equivale a 21 anos de exposição ao sol a mais do que as pessoas que não possuem a variante.

A maior parte dessas mutações não provoca danos, mas quanto mais elas ocorrem, maior a probabilidade de que uma célula humana normal se transforme em uma cancerosa, segundo a equipe internacional de cientistas.

Ruiva - thinkstock

Essa descoberta vale também para pessoas que não são ruivas, mas possuem a variante. Os pesquisadores alertam que pessoas com parentes ruivos, por exemplo, devem tomar cuidado extra pois têm uma chance maior de possuir uma variante do MC1R.

“Este trabalho é importante porque as conclusões se aplicam a uma alta proporção da população – as pessoas que carregam pelo menos uma cópia com uma variante genética no MC1R,” disse David Adams, coautor do estudo e pesquisador do Instituto Wellcome Trust Sanger, no Reino Unido.

Fotos: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017