Saúde e Bem-Estar

Flexibilidade no horário de trabalho faz as pessoas trabalharem mais, conclui pesquisa

Flexibilidade no horário de trabalho faz as pessoas trabalharem mais, conclui pesquisa

Se você pudesse trabalhar a hora que quisesse e onde quisesse, quanto tempo você trabalharia por dia? Muitos diriam que usariam essa liberdade para passar mais tempo com suas famílias ou fazendo outras atividades. Mas, ao contrário do que se imagina, a flexibilidade no horário de trabalho leva as pessoas a trabalharem por mais horas quando comparado com aquelas que têm um horário fixo de trabalho.

+ Checar e-mails fora do trabalho causa estresse e problemas conjugais, aponta pesquisa

+ Como ser mais feliz no trabalho

Os pesquisadores Heejung Chung e Yvonne Lott examinaram a quantidade de horas extras que trabalhadores alemães faziam quando passavam a ter mais controle dos seus horários de trabalho. O estudo, publicado no periódico European Sociological Review, revelou que o número de horas trabalhadas era maior quando os funcionários tinham autonomia sobre seus horários.

Diversas razões podem levar a este padrão. A troca de favores é uma delas: pessoas que concedem mais liberdade a seus funcionários recebem, em troca, mais dedicação no trabalho, como uma tentativa de mostrar que eles podem ter mais autonomia. Outra razão pode ser uma estratégia de departamento de recursos humanos do local de trabalho, que se preocupa menos com horários rígidos e mais com a produtividade dos funcionários.

Diferenças de gênero 

Mulheres que trabalham meio período, geralmente, o fazem para atender as demandas familiares no restante do tempo. Por isso, elas não fazem horas extras como homens quando têm horários mais flexíveis. Já as mulheres que trabalham período integral, mesmo as que são mães, fazem a mesma quantidade de horas extras que homens com horários flexíveis.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Senior black couple dancing in their back garden

Casamento contribui para a saúde e longevidade do casal, conclui estudo

Mariana Castro21/06/2017
Vegetable salad

Dieta vegetariana ajuda na perda de peso, conclui pesquisa

Patricia Machado19/06/2017
Depressed young crying woman - victim

Síndrome do Pânico: entenda o transtorno que pode ameaçar a convivência social

Mariana Castro13/06/2017
Young female tech or scientist performs protein assay

Medicamento modificado em laboratório combate bactérias resistentes a antibióticos

Mariana Castro08/06/2017
Quarrels upset child

Divórcio conflituoso dos pais prejudica a saúde dos filhos até a idade adulta, diz estudo

Mariana Castro07/06/2017
injecting injection vaccine vaccination medicine flu woman docto

Vacina contra gripe é liberada para toda a população a partir de hoje (5)

Patricia Machado05/06/2017
Many pills and tablets on black background.

Como o corpo humano processa os medicamentos?

Mariana Castro02/06/2017
Drinking wine

Tomar meia taça de vinho por dia aumenta os riscos de câncer de mama, diz pesquisa

Mariana Castro02/06/2017
addict mobile phone parents neglecting daughter ignored and bored

Pais viciados em smartphone podem prejudicar o comportamento dos filhos, diz estudo

Mariana Castro30/05/2017
Young girl eating a fruit salad after a workout .

Atividades físicas reduzem o desejo por comidas gordurosas, conclui estudo

Mariana Castro29/05/2017
Homemade chocolate

Comer chocolate faz bem para a saúde do coração, revela estudo

Mariana Castro29/05/2017
Beautiful young lady drinking water in restaurant

Substituir um copo de cerveja por água reduz as chances de obesidade, diz estudo

Mariana Castro29/05/2017
camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017