Fases da lua e dia da relação sexual podem influenciar na gestação

Por Mariana Castro em 26/03/2017

Quando a mulher descobre que está grávida, ela logo começa a imaginar se está esperando um menino ou uma menina. Mas, o que muitas pessoas não sabem é que alguns fatores internos e externos podem influenciar na gestação. Por mais incrível que possa parecer, o dia da relação sexual pode interferir no sexo da criança e a fase lua pode determinar o dia do nascimento.

+ Parto humanizado: benefícios e cuidados

+ Como funciona o processo de congelamento de ovos

Segundo o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, a explicação está nos cromossomos, que são sequências do DNA que se agrupam e dão origem a bebês do sexo feminino (XX) ou masculino (XY).  O espermatozoide que carrega o cromossomo Y é menor, menos resistente, mais leve e, portanto, mais rápido. Por isso, se a relação sexual ocorre no dia da ovulação, esse cromossomo estará em vantagem, chegando mais rápido ao óvulo e tornando extremamente alta a probabilidade de nascer um menino.

No entanto, se a relação acontecer dois dias antes da ovulação, por exemplo, o espermatozoide terá que ficar na vagina esperando a mulher ovular. Uma vez que o cromossomo X é maior, mais pesado e mais resistente, as chances dele sobreviver e gerar uma menina são maiores. “Existem posições e dietas para se ter um PH mais ácido ou mais alcalino e isso também pode influenciar”, explica o especialista. “Se a mulher seguir isso e souber exatamente o dia da ovulação, ela pode aumentar de 50% para 85% a chance de dar à luz a um menino ou menina”, completa.

Como a lua influencia na gestação?

As mulheres, principalmente durante a gestação, têm uma grande quantidade de água no corpo. Assim como acontece com as marés, as fases da lua influenciam o corpo da futura mãe. “A lua cheia é campeã de rupturas de bolsas amnióticas. É também nessa fase lunar que a mulher se sente mais inchada, já que os líquidos no corpo aumentam”, afirma Domingos.

+ Fases do trabalho de parto: conheça cada uma e saiba como identificá-las 

Seguindo a mesma lógica, na lua minguante, os líquidos diminuem e, por isso, no final da gestação, pode haver redução do líquido amniótico. “Os abortos espontâneos também são mais frequentes nesse estágio da lua”, ressalta o obstetra. Um fato curioso é que, durante a gravidez, a mãe poderá sentir maior desconforto durante a fase da lua em que o bebê foi concebido e será nessa mesma lua que ele irá nascer.

Foto: Getty Images