Saúde e Bem-Estar

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

O racismo é um mal que permeia diversos aspectos da sociedade. Desde ataques verbais até a violência física, passando por oportunidades desiguais e variadas formas de opressão. É difícil imaginar que isso teria algum lado positivo, não é mesmo? E, você está certo, ele não tem. Para piorar, novos estudos revelaram que o racismo também gera graves consequências à saúde de suas vítimas.

+ Pessoas altruístas e bondosas fazem mais sexo, diz pesquisa

+ Filhos de pais estressados apresentam mau comportamento, diz pesquisa

Imagens de ressonância magnética permitiram que cientistas australianos estudassem os impactos da exclusão social motivada pelo racismo. Ele afeta diretamente partes do cérebro responsáveis por mecanismos de controle da sobrevivência e personalidade, comportamento social, escolhas, emoções, memória, sono e até pressão sanguínea e batimentos cardíacos.

“As áreas afetadas levam a um desequilíbrio do nível de cortisol, o hormônio do estresse, no cérebro”, explicou Yin Paradies, professor de Relações Raciais na Universidade Deakin, na Austrália, ao Daily Mail. Por causa desse impacto, as vítimas passam a apresentar maior ansiedade a futuras situações de racismo ou estresse em geral, podendo acarretar, também, em depressão e outras patologias.

Os efeitos do racismo ainda vão além, levando a danos no sistema imunológico, metabolismo e coração – que podem ser observados no DNA da vítima. Tudo isso é consequência de inflamações que surgem a partir do estresse gerado em situações racistas.

No Racism - Indian man and Italian Woman shakeing hands

Além disso, os pesquisadores descobriram que pessoas que praticam racismo também têm sua saúde prejudicada, ficando mais propensas a fumar e apresentando associações com a psicopatia.

Dessa forma, o racismo causa efeitos negativos em quem executa ou sofre com os atos. Isso é a prova de que o racismo não faz bem para ninguém e já deveria, definitivamente, ter sido extinguido.

Fotos: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

Woman body on beach background

Dermatologista aponta os procedimentos estéticos que devem bombar em 2017

Carolina Romanini23/01/2017
execícios de cachorros 1 - reprodução

Personal cria treino para humanos que reproduz os movimentos dos cachorros

Mariana Castro23/01/2017
cerveja e ioga - imagem 1 - reproducao

Estúdio na Alemanha cria modalidade que mistura ioga com cerveja

Patricia Machado23/01/2017
woman beauty

Lente de contato dental: o que é e quando usar

Redação Apontador23/01/2017
Self-confident brunette looking at reflection

Procedimentos estéticos são alternativa à bichectomia

Patricia Machado20/01/2017
Sad baby in bed

Acupuntura pode ajudar bebês que choram excessivamente, diz pesquisa

Patricia Machado20/01/2017
Green tea

Sete benefícios do chá verde para a saúde

Mariana Castro19/01/2017
unhappy man suffering from backache at home

Casos de pedra nos rins são mais comuns no verão

Patricia Machado19/01/2017
young woman runner running on city bridge road

Exercícios de alta intensidade têm o mesmo efeito que atividades moderadas, diz estudo

Mariana Castro18/01/2017
makeup artist glues false eyelashes

Maquiagem nos olhos pode favorecer o surgimento de terçol

Redação Apontador18/01/2017
bebida alcoolica e aumento de apetite - getty images

Consumir bebida alcoólica aumenta o apetite, comprova estudo

Patricia Machado18/01/2017
Sick

Como diferenciar os sintomas da dengue, zika e chikungunya

Carolina Romanini17/01/2017
Mexican chili con carne in a pan on a wooden

Comida apimentada pode reduzir o risco de morte, aponta pesquisa

Mariana Castro16/01/2017
portrait of happy young business man at office

Levantar durante o trabalho ajuda a queimar calorias, diz estudo

Patricia Machado16/01/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Reduzir o consumo de sal poderia salvar milhões de vidas, aponta estudo

Patricia Machado16/01/2017