Saúde e Bem-Estar

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

O racismo é um mal que permeia diversos aspectos da sociedade. Desde ataques verbais até a violência física, passando por oportunidades desiguais e variadas formas de opressão. É difícil imaginar que isso teria algum lado positivo, não é mesmo? E, você está certo, ele não tem. Para piorar, novos estudos revelaram que o racismo também gera graves consequências à saúde de suas vítimas.

+ Pessoas altruístas e bondosas fazem mais sexo, diz pesquisa

+ Filhos de pais estressados apresentam mau comportamento, diz pesquisa

Imagens de ressonância magnética permitiram que cientistas australianos estudassem os impactos da exclusão social motivada pelo racismo. Ele afeta diretamente partes do cérebro responsáveis por mecanismos de controle da sobrevivência e personalidade, comportamento social, escolhas, emoções, memória, sono e até pressão sanguínea e batimentos cardíacos.

“As áreas afetadas levam a um desequilíbrio do nível de cortisol, o hormônio do estresse, no cérebro”, explicou Yin Paradies, professor de Relações Raciais na Universidade Deakin, na Austrália, ao Daily Mail. Por causa desse impacto, as vítimas passam a apresentar maior ansiedade a futuras situações de racismo ou estresse em geral, podendo acarretar, também, em depressão e outras patologias.

Os efeitos do racismo ainda vão além, levando a danos no sistema imunológico, metabolismo e coração – que podem ser observados no DNA da vítima. Tudo isso é consequência de inflamações que surgem a partir do estresse gerado em situações racistas.

No Racism - Indian man and Italian Woman shakeing hands

Além disso, os pesquisadores descobriram que pessoas que praticam racismo também têm sua saúde prejudicada, ficando mais propensas a fumar e apresentando associações com a psicopatia.

Dessa forma, o racismo causa efeitos negativos em quem executa ou sofre com os atos. Isso é a prova de que o racismo não faz bem para ninguém e já deveria, definitivamente, ter sido extinguido.

Fotos: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

HIV blood sample

Mais de 110 mil brasileiros têm o vírus do HIV e não sabem disso, aponta relatório

Patricia Machado01/12/2016
Selection of tropical fruits on white background

Laranja e abacaxi são os alimentos que contém mais agrotóxicos

Mariana Castro01/12/2016
Pretty Woman makes a choice between bad food

Coaching de emagrecimento é novidade para quem deseja perder peso

Carolina Romanini01/12/2016
Reassuring patient

Campanha mostra a importância da busca por informações corretas em casos de câncer

Patricia Machado01/12/2016
Fun old woman

Aumenta expectativa de vida do brasileiro, segundo IBGE

Redação Apontador01/12/2016
pessoa mais velha do mundo - AP4

Pessoa mais velha do mundo completa 117 anos e revela o segredo da longevidade

Carolina Romanini01/12/2016
Young man and woman working together in architects office

Olhar nos olhos durante uma conversa dificulta o funcionamento do cérebro

Mariana Castro01/12/2016
Woman playing tennis

Praticar tênis pode reduzir o risco de morte em qualquer idade, sugere estudo

Redação Apontador30/11/2016
girl with pink striped socks, sleeping in bed

Dormir de meias pode ser bom para o sono e até mesmo para o sexo

Mariana Castro30/11/2016
Manicure and care for beautiful woman nails

Unhas podem indicar doenças e falta de vitaminas; veja 5 sinais

Redação Apontador29/11/2016
Woman folding skin on her hips

Mitos e verdades sobre a celulite

Carolina Romanini29/11/2016
Difficult journey

6 dicas para preservar a coluna em viagens

Carolina Romanini28/11/2016
Drawing in adult coloring book

Costurar, pintar e cozinhar podem aliviar o estresse e a depressão, dizem especialistas

Mariana Castro28/11/2016
Nothing interesting to watch.

Jovens estão sofrendo com problemas da “velhice” cada vez mais cedo

Mariana Castro28/11/2016
woman with sensitive teeth

5 dicas para prevenir a retração da gengiva

Redação Apontador28/11/2016