Estudo mostra por que você nunca deve bater em uma criança

Por Pedro Katchborian em 29/04/2016

Pesquisadores das Universidades de Texas e de Michigan fizeram um estudo para descobrir os efeitos de bater em crianças dentro de casa. A conclusão foi de que os pequenos tornam-se mais agressivos com esse tipo de disciplina.

O estudo, publicado no Journal of Family Psychology, baseou-se em mais de 50 anos de pesquisas envolvendo mais de 160 mil crianças.

+ Como lidar com as birras das crianças 

“Nossa análise foca no que os americanos consideram como palmada e não abusadores em potencial”, diz Elizabeth Gershoff, uma das autoras do estudo.

Segundo a pesquisa, quanto mais frequente a palmada, maior o risco da criança desafiar os pais, tornar-se agressiva, desenvolver problemas mentais, comportamentos antissociais e dificuldades cognitivas.

O estudo concluiu que são 17 consequências da violência contra a criança dentro de casa. “O resultado do estudo é que a palmada aumenta a tendência de uma variedade de consequências indesejadas para as crianças”, disse Andrew Grogan-Kaylor, outro autor. “A violência acaba fazendo o oposto do que os pais normalmente querem que ela faça”, comenta.

Outro ponto interessante é que a pesquisa descobriu que a criança que foi batida tem mais chances de dar a mesma punição em seus próprios filhos, demonstrando que o método de disciplina tende a passar de uma geração para a outra.

“Esperamos que o nosso estudo possa ajudar pais a entenderem os malefícios da palmada e que eles tentem formas de disciplina não-punitivas”, conclui Gershoff.