Empresa de biotecnologia cria projeto para ressuscitar “pessoas mortas”

Por Patricia Machado em 06/05/2016

A empresa de biotecnologia norte-americana Bioquark terá um grande desafio pela frente. Ela obteve aprovação do governo dos Estados Unidos para colocar em prática um projeto pioneiro: regenerar o cérebro de pessoas clinicamente consideradas mortas.

+ Estudo comprova que viver perto da água diminui o estresse

+ Vitaminas e suplementos que ajudam a fortalecer a imunidade

Ao longo de seis semanas, o time de pesquisadores da empresa irá injetar células tronco no cérebro de 20 pacientes que se mantém vivos por causa do uso de aparelhos médicos. Além disso, eles irão utilizar técnicas de laser e estimulação de nervos, frequentemente usadas em pacientes que estão em coma, para fazer com que o cérebro humano possa se regenerar.

A empresa espera ter retornos positivos nos primeiros dois ou três meses. O projeto se inspira em estudos que mostram que animais, como a salamandra, são capazes de reverter quadros dessa natureza através da regeneração de partes afetadas do cérebro.

Via Metro / Foto: Thinkstock