Doença de Parkinson poderia ser detectada através de teste de visão, diz pesquisa

Por Mariana Castro em 24/08/2016

Pesquisadores podem ter descoberto um método capaz de identificar a doença de Parkinson antes dos seus primeiros sintomas se manifestarem. De acordo com os cientistas da University College London, na Inglaterra, um exame de visão simples poderia mostrar alterações no fundo dos olhos e isso seria capaz de revelar a doença.

+ Trabalhar mais de 45 hora spor semana pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, revela pesquisa

+ Cientistas descobrem a quantidade ideal de exercícios para ajudar na prevenção de doenças

A pesquisa examinou ratos de laboratório que ainda não tinham nenhum sintoma da doença. Os cientistas descobriram que o exame de visão, que é simples e barato, era capaz de identificar alterações atrás dos olhos dos animais antes dos mesmos apresentassem sintomas visíveis. “Esses testes sugerem que podemos intervir mais cedo e com mais eficácia no tratamento de pessoas com a condição”, disse a professora Francesca Cordeiro à CNN.

O Parkinson afeta uma em cada 500 pessoas e seus sintomas incluem tremores, lentidão nos movimentos e uma qualidade de vida reduzida. Até o momento, não há exames que forneçam um diagnóstico da condição e seus sintomas só aparecem após as células cerebrais já terem sido danificadas.

+ Acupuntura pode ser aliviada na prevenção das doenças típicas do inverno

O estudo, publicado na revista científica Acta Neuropathologica Communications, ainda precisa ser testado em pessoas com a doença, através de um exame ocular. “Apesar disso, esse poderia ser um passo importante na procura por tratamentos que possam detectar as causas da condição, ao invés de mascarar os sintomas”, falou Arthur Roach, diretor da pesquisa da fundação Parkinson’s UK.

Foto: Getty Images