Dermatologista aponta os procedimentos estéticos que devem bombar em 2017

Por em 23/01/2017

O Brasil é um dos países que mais fazem cirurgias plásticas no mundo. Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps, na sigla em inglês), foram realizados 1,22 milhão de cirurgias do tipo no país em 2015, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

+ Lente de contato dental: o que é e quando usar?

+ Procedimentos estéticos são alternativa à bichectomia

Além das cirurgias, o país também está no topo do ranking de procedimentos estéticos. Menos invasivos, eles são uma alternativa para quem não quer encarar o centro cirúrgico mas também deseja atenuar probleminhas como a flacidez, gordura localizada, envelhecimento da pele, entre outros.

Para este público, a dermatologista Claudia Marçal, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, listou 5 procedimentos estéticos que devem bombar em 2017. Veja:

Ultra Vela (para modelar a silhueta)

O tratamento Ultra Vela combina as tecnologias do Velashape 3, radiofrequência que remodela a silhueta corporal e trata a celulite, gordura localizada e flacidez, com o Ultrashape Power, uma alternativa à lipoaspiração que rompe as células de gordura mais profundas. A aplicação deve ser feita a cada 15 dias, alternando os tratamentos. “É uma opção confortável e indolor para a remodelação corporal e redução de gordura”, explica a médica.

Endymed (para calvície)

Técnica de microagulhamento de ouro, permite injetar compostos estéreis à base de vitaminas diretamente no couro cabeludo, a uma profundidade de 1 a 1,5 mm, para tratar da queda capilar e melhorar a densidade dos fios. Tratamento ainda inclui uso de luz red e infrared.

Sculptra + Radiofrequência (para flacidez)

O uso de ácido polilático para bioestimulação de colágeno trata a flacidez promovendo a reestruturação do tecido e conferindo firmeza e volume às áreas com perda de gordura. Associado à radiofrequência, promove um boost nos resultados. “As aplicações de Sculptra devem ser feitas em três sessões a cada trinta dias, com entre seis a oito sessões de radiofrequência nos intervalos”, indica Claudia Marçal.

Fios de sutura (para sustentação da pele da face)

“O uso de fios de sutura Silhouette promove a tração, definição, sustentação e ancoragem da pele do pescoço e outras áreas do corpo. Estes fios de ácido polilático estimulam a produção de colágeno por até 24 meses e têm um efeito de lifting moderado imediato”, explica a dermatologista.

Ácido tranexâmico (para tratamento de melasmas)

Tratamento pode ser feito por via oral ou tópica. “Por via oral, deve ser utilizado por três meses em dosagem de 250mg a 500mg. Em uso tópico, de 2% a 4% em associação com retinoides”, indica.

Todo tratamento estético deve ser acompanhado por um médico responsável. Procurando uma clínica na sua cidade? Clique aqui e faça uma busca no Apontador.