Crianças que roem as unhas e chupam o dedo têm menos alergias, diz estudo

Por Patricia Machado em 13/07/2016

A recomendação da maioria dos pais é clara: as crianças não devem roer as unhas e chupar o dedo. No entanto, uma pesquisa realizada pela Dunedin School of Medicine, na Nova Zelândia, descobriu que esse hábito pode não ser tão ruim. De acordo com o estudo, crianças que têm o hábito de roer as unhas e chupar o dedo têm menos chances de desenvolver alergias.

+ Marketing infantil pode ajudar as crianças a consumirem mais vegetais, revela estudo

+ Como lidar com as birras das crianças

Os pesquisadores analisaram os hábitos e a saúde de 1.000 voluntários. Os cientistas verificaram se os participantes chupavam o dedo ou roíam as unhas quando eles tinham 5, 7, 9 e 11 anos. Depois, eles foram submetidos a testes de alergia aos 13 e aos 32 anos.

Ao analisar os resultados, o cientistas descobriram que 45% das crianças que não tinham o hábito de roer a unha e chupar o dedo aos 13 anos de idade já tinham tido algum tipo de reação alérgica. Esse percentual caiu para 40% entre as crianças que tinham apenas um desses hábitos e para 31% entre aquelas que tinham os dois hábitos.

Embora sejam vistos com maus olhos, os hábitos de chupar o dedo ou roer as unhas podem ter efeitos positivos para a saúde uma vez que são capazes de expor a criança a diversos tipos de bactérias. Isso faz com que ela tenha um melhor desenvolvimento do sistema imunológico e esteja protegida contra alergias.

Foto: Thinkstock