Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Por Patricia Machado em 19/04/2017

Quando o espelho revela que a pele ganhou sulcos na testa, pés de galinha e bolsas abaixo dos olhos, é sinal de que você está envelhecendo. No entanto, alguns fatores são capazes de mostrar que o envelhecimento cutâneo está ocorrendo de forma muito rápida.

+ Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

+ Como rejuvenescer a pele sem realizar procedimentos cirúrgicos?

“Ao saber desses indícios, podemos indicar tratamentos preventivos com respostas mais eficientes e que evitam o aparecimento de rugas, flacidez e outras alterações”, explica Jardis Volpe, dermatologista da Clínica Volpe, em São Paulo.

Para poder prevenir o envelhecimento, conheça cinco sinais que mostram que a pele está perdendo a jovialidade:

Manchas de sol no rosto 

A exposição intensa da pele ao sol afeta a regeneração do metabolismo. Com isso, o corpo perde parte de sua capacidade de combater as substâncias que envelhecem o organismo. Como consequência, haverá o aparecimento de manchas ou sardas. Mulheres que apresentam manchas no rosto entre os 20 e 30 anos devem ficar preocupadas.

Rugas ao longo das bochechas

As linhas finas e rugas que aparecem no meio das bochechas revelam o envelhecimento precoce da pele. No entanto, não é necessário se preocupar com as rugas que foram causadas pelas expressões faciais porque isso é comum quando a pessoa tem entre 20 e 30 anos.

Pescoço irritável e flácido

O pescoço é uma região que tem uma pele muito fina, além de ter poucas glândulas sebáceas. Isso faz com que o pescoço seja pouco hidratado. O envelhecimento precoce poderá ser identificado quando a pessoa apresentar uma pele irritável e mais flácida na região.

Pele mais sensível do que o habitual

A pele é parte de um sistema que precisa estar em equilíbrio, então, se a pessoa apresenta desordem alimentar ou carência nutricional ou está fazendo uso de medicamentos para controlar o colesterol, a pele, que já tem tendência a ser mais sensível, pode se tornar mais seca. Isso poderá acelerar o envelhecimento.

Olheiras profundas

As olheiras pioram com a alimentação rica em açúcar e sal pois, assim como o álcool, torna a pálpebra mais inchada e o pigmento depositado mais evidente. “As olheiras mais violáceas ou mesmo as mistas, com tons acastanhados e arroxeados, podem surgir por noites mal dormidas e excesso de bebida alcoólica, tabagismo ou durante a TPM, entre outras causas”, explica a dermatologista Claudia Marçal. Uma opção para tratar o problema é utilizar tecnologias como a radiofrequência.