Cientistas descobrem que a gripe pode ter sido transmitida por camelos

Por Mariana Castro em 23/08/2016

Pesquisadores da Universidade Hospital Bonn, na Alemanha, estavam investigando a origem da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), uma doença fatal que provoca pneumonia severa e falha renal, quando fizeram uma descoberta inesperada. Aparentemente, a primeira pessoa a ter uma gripe comum pegou o vírus de um camelo, segundo o novo estudo.

“Para investigar a origem da MERS, nós examinamos por volta de mil camelos e encontramos, em alguns casos, agentes patogênicos relacionados ao vírus da gripe comum”, contou o professor Christian Drosten ao jornal The Independent. Isso se confirmou após os cientistas descobrirem que o vírus encontrado nos camelos era, de fato, capaz de infectar os seres humanos.

+ Como diferenciar a gripe do resfriado?

+ Spray nasal é tão eficiente quanto vacina contra a gripe, aponta estudo

Diversas doenças humanas originam dos animais que, após sofrerem mutações genéticas, acabam infectando os seres humanos. Por enquanto, o vírus da MERS não se transformou a ponto de ser passado facilmente para outras espécies, porque doenças letais tendem a matar seus hospedeiros mais rapidamente antes que ele infecte outros corpos.

Mas isso dá margem para o desenvolvimento de doenças mais brandas, como é o caso da gripe, que deixa as pessoas doentes, mas as mantém vivas, permitindo que o vírus se espalhe. “O estudo nos dá um sinal de alerta para uma epidemia de MERS, uma vez que a doença poderia fazer a mesma coisa que o vírus da gripe fez”, conta Drosten.

Foto: Getty Images