Saúde e Bem-Estar

Cientistas descobrem a quantidade ideal de exercícios para ajudar na prevenção de doenças

Cientistas descobrem a quantidade ideal de exercícios para ajudar na prevenção de doenças

A recomendação da Organização Mundial da Saúde é de que as pessoas façam duas horas e meia de exercício físico por semana para ter uma vida saudável e evitar problemas crônicos de saúde. No entanto, uma nova pesquisa contesta essa determinação e sugere que uma rotina mais intensa de atividades evita a ocorrência de diabetes, problemas no coração, derrame e o surgimento do câncer.

+ Os benefícios do esporte para o corpo e para a mente 

+ Os esportes olímpicos que queimam mais calorias 

A pesquisa foi liderada por cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, e da Universidade de Queensland, na Austrália. Segundo eles, é preciso fazer 12 horas e meia de exercícios moderados por semana para evitar o surgimento de doenças e problemas de saúde. A quantidade é cinco vezes maior do que a recomendada pelo órgão que regulamenta a saúde no mundo.

Além disso, o estudo concluiu que esses benefícios também são alcançados caso as pessoas façam cerca de 6 horas de uma atividade física intensa. “As pessoas que realizam exercícios por mais tempo do que o recomendado conseguem ter uma redução significativa no aparecimento de diabetes, doenças do coração, derrames, câncer de mama e câncer de intestino”, escreveram os autores da pesquisa, que foi divulgada no periódico British Medical Journal.

Os cientistas analisaram 174 estudos que foram publicados entre 1980 e 2016 e procuraram uma relação entre a prática de atividade física e o aparecimento de doenças.

Os resultados mostraram que a realização de exercícios moderados por 12 ou até 16 horas por semana reduz em 50% a chance das pessoas desenvolverem doenças do coração quando comparadas com aquelas que se exercitam apenas por duas horas e meia. Já a ocorrência de derrames, diabetes e câncer de intestino diminui 60% e de câncer de mama cai para 20%.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017
woman tired of diet restrictions craving sweets chocolate

Psicólogos desenvolvem técnica para controlar compulsão por chocolate

Mariana Castro06/04/2017
boy and headphones

Jogar videogame pode ajudar no combate à depressão, afirma pesquisa

Mariana Castro05/04/2017