Cientistas criam sensor para obter dados do corpo humano em tempo real

Por Patricia Machado em 09/09/2016

Quando uma pessoa é internada, ela é imediatamente conectada a uma série de fios para monitorar diversas partes do corpo, além de acompanhar, em tempo real, os sinais vitais. De acordo com uma nova tecnologia desenvolvida por cientistas internacionais, tudo isso poderá funcionar o tempo todo em um dispositivo sem fio e que tem o tamanho de um grão de poeira.

+ Vacina contra vício em cocaína é desenvolvida no Brasil

+ Nova droga traz esperanças para quem sofre de Alzheimer

A novidade foi anunciada por Michel Maharbiz, professor associado de engenharia elétrica e ciência da computação da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Os cientistas envolvidos no projeto estão criando um sensor que é capaz de ser implantado dentro do corpo e acompanhar a atividade neural em tempo real.

O objetivo da iniciativa é fazer com que o dispositivo seja usado como uma forma de monitorar ou tratar uma série de condições, incluindo a epilepsia e o controle de próteses.

Cientistas criam microssensores - divulgacao

Sensor será capaz de obter dados do corpo humano em tempo real

Até o momento, os sensores sem fio já foram testados com sucesso em ratos. A expectativa é que a tecnologia seja testada em pessoas nos próximos dois anos.

Para funcionar, o minúsculo sensor não precisa de fios ou baterias. Ele usa ondas de ultrassom para captar energia e para codificar os dados do sistema nervoso.

Foto: Divulgação / Getty Images