Carregar peso e trabalhar à noite pode influenciar a fertilidade, diz pesquisa

Por Mariana Castro em 10/02/2017

Mulheres que estão tentando engravidar devem se cuidar de várias formas. Além de ter hábitos saudáveis e uma alimentação balanceada, é importante que a mulher preste atenção ao tipo de trabalho que realiza. Isso porque novos estudos revelaram que trabalhar em turnos noturnos ou irregulares e carregar muito peso durante a atividade podem comprometer a fertilidade feminina.

+ Infertilidade masculina: conheça as causas e tratamentos disponíveis

+ Como as DST’s podem levar à infertilidade

Pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, examinaram a qualidade dos óvulos de mais de 470 pacientes de uma clínica de fertilização. Elas tinham, em média, 35 anos e 313 delas já haviam completado ao menos um ciclo de fertilização in vitro.

Os resultados mostraram que aquelas que trabalhavam durante a noite, ou em horários irregulares, tinham menos óvulos capazes de desenvolver um embrião saudável. “Isso se deve à mudança no relógio biológico da mulher, que afeta a produção hormonal e o ciclo menstrual”, explicou Audrey Gaskins, autora do estudo, ao The Independent.

+ Menopausa precoce pode afetar a saúde de quem quer engravidar

Além disso, o estudo indicou uma redução de 15% no número de óvulos propícios à fertilização em mulheres que precisavam carregar peso no trabalho, o que incluía desde enfermeiras até designers de interiores. A hipótese dos pesquisadores é de que movimentos físicos repetitivos poderiam afetar a habilidade feminina de produzir óvulos saudáveis.

Foto: Getty Images