Saúde e Bem-Estar

Caminhar uma hora por dia reduz o risco de morte precoce, aponta estudo

Caminhar uma hora por dia reduz o risco de morte precoce, aponta estudo

A maioria das pessoas que trabalha em um escritório passa o dia sentada em frente ao computador ou em salas de reunião. Isso significa que, por pelo menos oito horas, você permanece na mesma posição. De acordo com uma pesquisa publicada no The Lancet, esse hábito pode fazer com que os trabalhadores tenham uma morte precoce.

+ Assistir televisão em excesso pode levar à morte, alerta estudo

+ Fumar ocasionalmente aumenta os riscos de hemorragia cerebral, diz estudo

O time de cientistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, concluiu que pessoas que passam o dia sentadas e são sedentárias têm 60% mais chances de falecer do que aquelas que fazem algum tipo de exercício. Além disso, elas poderiam desenvolver câncer e doenças do coração por causa do mau hábito.

Para reverter esse quadro, os pesquisadores também descobriram que fazer pelo menos uma hora de exercício por dia é capaz de evitar o sedentarismo e os problemas de saúde causados por longas horas sentado, além de combater a morte prematura.

Por causa disso, a recomendação do estudo é que as pessoas façam uma hora de atividade física diária para resistir aos efeitos negativos de ficar sentado durante oito horas. “Você não precisa fazer esporte ou ir para a academia, basta caminhar em algum momento do dia por uma hora ou dividir esse tempo de caminhada ao longo de suas tarefas”, explicou Ulf Ekelund, um dos líderes da pesquisa, ao Daily Mail.

Outra alternativa para evitar o risco de morte precoce é periodicamente levantar da cadeira para tomar um café ou mesmo conversar com um amigo do trabalho que fique longe de sua mesa. Isso também fará com que você caminhe um pouco.

A pesquisa foi realizada através da análise dos dados de 16 relatórios sobre a saúde de pessoas com mais de 45 anos e que residiam nos Estados Unidos, Europa Ocidental e Austrália.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017