Saúde e Bem-Estar

Caminhar uma hora por dia reduz o risco de morte precoce, aponta estudo

Caminhar uma hora por dia reduz o risco de morte precoce, aponta estudo

A maioria das pessoas que trabalha em um escritório passa o dia sentada em frente ao computador ou em salas de reunião. Isso significa que, por pelo menos oito horas, você permanece na mesma posição. De acordo com uma pesquisa publicada no The Lancet, esse hábito pode fazer com que os trabalhadores tenham uma morte precoce.

+ Assistir televisão em excesso pode levar à morte, alerta estudo

+ Fumar ocasionalmente aumenta os riscos de hemorragia cerebral, diz estudo

O time de cientistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, concluiu que pessoas que passam o dia sentadas e são sedentárias têm 60% mais chances de falecer do que aquelas que fazem algum tipo de exercício. Além disso, elas poderiam desenvolver câncer e doenças do coração por causa do mau hábito.

Para reverter esse quadro, os pesquisadores também descobriram que fazer pelo menos uma hora de exercício por dia é capaz de evitar o sedentarismo e os problemas de saúde causados por longas horas sentado, além de combater a morte prematura.

Por causa disso, a recomendação do estudo é que as pessoas façam uma hora de atividade física diária para resistir aos efeitos negativos de ficar sentado durante oito horas. “Você não precisa fazer esporte ou ir para a academia, basta caminhar em algum momento do dia por uma hora ou dividir esse tempo de caminhada ao longo de suas tarefas”, explicou Ulf Ekelund, um dos líderes da pesquisa, ao Daily Mail.

Outra alternativa para evitar o risco de morte precoce é periodicamente levantar da cadeira para tomar um café ou mesmo conversar com um amigo do trabalho que fique longe de sua mesa. Isso também fará com que você caminhe um pouco.

A pesquisa foi realizada através da análise dos dados de 16 relatórios sobre a saúde de pessoas com mais de 45 anos e que residiam nos Estados Unidos, Europa Ocidental e Austrália.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

The pregnant woman who has an examination

Maioria das mães brasileiras não planejava engravidar, aponta estudo

Patricia Machado05/12/2016
man in bed eyes opened suffering insomnia and sleep disorder

Dormir com raiva favorece a criação de memórias negativas, diz pesquisa

Mariana Castro05/12/2016
hands of Concerned Women for medical report written by doctor

Mitos e verdades sobre a endoscopia

Patricia Machado05/12/2016
Happy little girl outdoors

Falta de exposição à luz do dia contribui para o desenvolvimento de miopia, aponta estudo

Mariana Castro05/12/2016
HIV blood sample

Mais de 110 mil brasileiros têm o vírus do HIV e não sabem disso, aponta relatório

Patricia Machado01/12/2016
Selection of tropical fruits on white background

Laranja e abacaxi são os alimentos que contém mais agrotóxicos

Mariana Castro01/12/2016
Pretty Woman makes a choice between bad food

Coaching de emagrecimento é novidade para quem deseja perder peso

Carolina Romanini01/12/2016
Reassuring patient

Campanha mostra a importância da busca por informações corretas em casos de câncer

Patricia Machado01/12/2016
Fun old woman

Aumenta expectativa de vida do brasileiro, segundo IBGE

Redação Apontador01/12/2016
pessoa mais velha do mundo - AP4

Pessoa mais velha do mundo completa 117 anos e revela o segredo da longevidade

Carolina Romanini01/12/2016
Young man and woman working together in architects office

Olhar nos olhos durante uma conversa dificulta o funcionamento do cérebro

Mariana Castro01/12/2016
Woman playing tennis

Praticar tênis pode reduzir o risco de morte em qualquer idade, sugere estudo

Redação Apontador30/11/2016
girl with pink striped socks, sleeping in bed

Dormir de meias pode ser bom para o sono e até mesmo para o sexo

Mariana Castro30/11/2016
Manicure and care for beautiful woman nails

Unhas podem indicar doenças e falta de vitaminas; veja 5 sinais

Redação Apontador29/11/2016
Woman folding skin on her hips

Mitos e verdades sobre a celulite

Carolina Romanini29/11/2016