Brasileiro é considerado baixinho em ranking mundial

Por Patricia Machado em 27/07/2016

Uma pesquisa divulgada na revista científica eLife mapeou as tendências de crescimento em mais de 180 países e as notícias não são boas: o brasileiro é considerado uma pessoa de estatura baixa.

+ Crianças que dormem pouco podem ter depressão e ansiedade, diz pesquisa

+ Quatro motivos para começar a se exercitar

Para chegar a essa conclusão, um grupo de 800 cientistas, em associação com a Organização Mundial da Saúde, analisou as tendências de crescimento em 187 países desde 1914. De acordo com os resultados, o homem da Holanda e a mulher da Letônia são os mais altos do mundo. O holandês tem, em média, 1,83m, enquanto a mulher letã alcança 1,70 m.

Já o homem do Irã e a mulher da Coreia do Sul registraram o maior crescimento nos últimos anos. A altura das pessoas dessas nacionalidades aumentou uma média de 16 cm e 20 cm, respectivamente.

Os homens brasileiros ocupam o 68º posto no ranking de altura. Eles ganharam de nações como Portugal, México e Chile, e perderam de países como Romênia, Argentina e Jamaica. Já mulher brasileira alcançou a 71ª posição e ficou melhor classificada do que a mulher turca, argentina e chinesa, por exemplo.

A pesquisa revelou ainda que o homem brasileiro tem, em média, 1,73m, e a mulher, 1,60m. Ambos registraram 8,6cm de crescimento desde 1914. De acordo com os cientistas, além da genética, bons padrões de saúde, saneamento e nutrição influenciam no desenvolvimento e crescimento de uma pessoa.

Foto: Thinkstock