Beber água da torneira nos EUA pode causar câncer, diz pesquisa

Por Patricia Machado em 11/08/2016

Quem viaja para os Estados Unidos está acostumado a pedir uma tap water para beber nos restaurantes. O pedido se refere a um copo de água gratuito — o líquido, porém, vem da torneira. O problema é que um estudo divulgado no periódico Environmental Science & Technology Letters descobriu que a água de diversos estados do país apresenta uma quantidade elevada de substâncias tóxicas que podem causar o câncer.

+ Beber água antes das refeições ajuda na perda de peso, conclui pesquisa

+ O que aconteceria se você deixasse de beber água?

O estudo foi comandado pela Universidade de Harvard em parceria com outras instituições acadêmicas. Os cientistas envolvidos no projeto coletaram informações a partir de 36 mil amostras de água que foram recolhidas pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos entre 2013 e 2015.

Ao analisarem o conteúdo coletado, os pesquisadores encontraram um componente químico chamado PFAS em 194 amostras de cada 4.864 amostras estudadas. Além disso, diversas fontes de água pesquisadas tinham a presença de substâncias tóxicas acima do recomendável.

As substâncias químicas encontradas são responsáveis por causar câncer e obesidade, além de contribuir para o nascimento prematuro dos bebês. “Por muitos anos, substâncias tóxicas como o PFAS podiam ser usadas e despejadas no meio ambiente. Agora, nós temos que enfrentar as consequências disso”, explicou Xindi Hu, um dos líderes do estudo, ao jornal The Independent.

Os estados em que a água estava com mais substâncias tóxicas foram Califórnia, Nova Jersey, Carolina do Norte, Alabama, Flórida, Pensilvânia, Ohio, Nova York, Geórgia, Minnesota, Arizona, Massachusetts e Illinois.

De acordo com o governo norte-americano, mais de seis milhões de pessoas devem estar consumindo água da torneira com substâncias químicas que podem fazer mal à saúde.

Foto: Thinkstock