Saúde e Bem-Estar

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Pessoas que bebem com frequência cultivam a crença de que seus corpos já estão mais acostumados com o álcool e que, por isso, não são tão afetados pela substância. Eles podem até precisar de uma quantidade maior de bebida alcóolica para ficarem embriagados, mas isso não quer dizer que o organismo não esteja sentindo o efeito dos drinques, o que pode ser muito perigoso.

+ Pesquisa mostra que homens precisam consumir bebidas alcoólicas para socializar

+ Beber energético com álcool tem efeito semelhante ao da cocaína, diz pesquisa

Segundo um estudo realizado pelo Sistema de Saúde para Veteranos do Exército de San Diego, nos Estados Unidos, pessoas mais ‘tolerantes’ ao álcool também apresentam redução da velocidade das habilidades motoras, memória de curto prazo e processamento complexo mais lento. Além disso, quando sóbrias, pessoas que bebem com mais frequência demonstram menor percepção de danos, o que gera ainda mais riscos quando bêbados.

Para a pesquisa, 105 pessoas foram monitoradas ao longo de cinco anos. Dentre elas, foram observados os bebedores assíduos, que consumiam em torno de 10 a 40 doses de álcool por semana, e os bebedores leves, que bebiam menos de seis doses por semana. Os participantes passaram por diversos testes depois de terem consumido uma dose de álcool antes do experimento.

+ Abusar do álcool na adolescência afeta a memória, diz pesquisa

+ Consumir bebida alcoólica aumenta o apetite, comprova estudo

Os resultados mostraram que o desempenho de bebedores experientes, em alguns testes, foi o mesmo de pessoas que bebem casualmente. O que mais chamou atenção foi o fato de terem menores níveis de autopercepção, o que significa que eles conseguem realizar tarefas simples que demonstram um nível de embriaguez menor do que o real.

Dessa forma, uma pessoa consegue chegar até seu carro, abrir a porta e ligar o automóvel, por exemplo, sem perceber dificuldades ligadas ao álcool. “No entanto, ao começar a dirigir, as demandas cognitivas e psicomotoras aumentam significativamente e, provavelmente, ele não estará apto para elas. Apesar disso, a decisão de dirigir já foi feita com base nas tarefas simples anteriores”, explicou Ty Brumback, autor do estudo e especialista em tratamento de vício, ao Daily Mail.

Foto: Getty Images

Saúde e Bem-Estar

Mais em Saúde e Bem-Estar

old woman looking in a window

Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

Mariana Castro27/04/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Mariana Castro27/04/2017
Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017