Acupuntura pode ajudar bebês que choram excessivamente, diz pesquisa

Por Patricia Machado em 20/01/2017

Um estudo realizado pela Universidade Lund, na Suécia, descobriu que a acupuntura pode ser uma grande aliada dos pais de primeira viagem. De acordo com os cientistas, a técnica seria capaz de fazer com que os bebês parassem de chorar, além de aliviar os sintomas da cólica.

+ Imitar voz de criança ajuda no desenvolvimento cerebral dos bebês, aponta estudo

+ Por que o refluxo é tão comum em bebês?

Para a pesquisa, os especialistas contaram com a colaboração de 147 bebês que tinham entre duas e dez semanas de vida e que choravam por, pelo menos, três horas por dia. Eles foram divididos em três grupos. O primeiro grupo fez acupuntura em apenas um ponto do corpo por dois a até cinco segundos. Já o segundo time recebeu acupuntura em até cinco pontos do corpo por 30 segundos. O último grupo de bebês não recebeu acupuntura.

Os resultados mostraram que os bebês em que a acupuntura foi realizada em apenas um ponto tinham 49% a menos de chance de chorar após a segunda semana de tratamento quando comparados com os pequenos que não fizeram acupuntura.

Além disso, os bebês que fizeram acupuntura em mais pontos do corpo eram 32% mais propensos a parar de chorar do que os colegas que não foram submetidos à técnica chinesa.

“Chorar é um tipo de comunicação normal para um bebê”, escreveram os cientistas, que publicaram o estudo no periódico British Medical Journal. “Para os bebês que choraram mais de três horas por dia, a acupuntura pode ser uma opção de tratamento eficaz”, completaram.

Foto: Getty Images