Mitos e verdades sobre cruzar as pernas

Por Pedro Katchborian em 28/04/2016

Em tempos em que a maioria dos empregos exige ficar sentado por longas horas, é difícil encontrar uma posição confortável. Um costume que muitas pessoas têm para tentar se ajeitar na cadeira é cruzar as pernas.

+ Mitos e verdades sobre rituais de beleza 

A posição, porém, é constantemente relacionada a alguns problemas de saúde. O Little Things fez uma compilação e checou se os mitos são verdadeiros. Veja abaixo:

Cruzar as pernas pode causar coágulos de sangue

  • Verdade

Estudos mostraram que é possível que o ato de cruzar as pernas corte o fluxo de sangue, causando alguns coágulos. De acordo com a BBC, pessoas com alto risco de coágulos de sangue são aconselhadas a evitar cruzar as pernas por longos períodos, pois isso pode aumentar o risco de trombose.

cruzar-as-pernas-1

Cruzar as pernas pode danificar os nervos de seu pé

  • Verdade

Os nervos que controlam as funções da perna e do pé podem se danificar se a pessoa cruzar as pernas com frequência.

cruzar-as-pernas-2

Cruzar as pernas pode causar varizes

  • Mito

Uma das maiores lendas diz que cruzar as pernas pode causar varizes, mas não há evidências científicas que comprovem a afirmação. Segundo o Medical Daily, os fatores de risco para varizes são idade, genética, obesidade e gravidez.

cruzar-as-pernas-3

Cruzar as pernas pode ser ruim para a sua postura

  • Mito

Uma postura ruim pode ocorrer enquanto a pessoa senta com as pernas cruzadas, mas a posição das pernas não é o que causa a postura ruim.

cruzar-as-pernas-4

Cruzar as pernas pode aumentar a sua pressão

  • Verdade

Cruzar as pernas não vai aumentar a sua pressão sanguínea a longo prazo, mas pode acontecer a curto prazo. De acordo com um estudo publicado na Nacional Center for Biotechnology Information, a pressão sanguínea aumenta quando as pernas estão cruzadas na altura do joelho.

 cruzar-as-pernas-5

Cruzar as pernas causa dor nas costas e no pescoço

  • Verdade

O Yahoo Saúde conversou com a fisioterapeuta Vivian Eisenstadt, que foi bem clara sobre o assunto: “Cruzar as suas pernas é pedir para sentir dores nas costas e no pescoço. A posição coloca uma pressão desnecessária na área”, diz.

cruzar-as-pernas-7