Millennials leem mais livros do que gerações mais velhas, diz estudo

Por Pedro Katchborian em 08/04/2016

Temos uma noção de que hoje se lê muito menos livros do que antigamente. Mas, ao contrário do que se pensa, parece que não é só de redes sociais que vivem os Millenials, como é chamada a geração de quem tem menos de 30 anos. Pelo menos é o que diz uma pesquisa do Pew Research Center.

+ 7 livros para incentivar a literatura juvenil 

Após entrevistar 6 mil pessoas nos Estados Unidos, o estudo mostrou que 88% dos americanos com menos de 30 leram um livro no último ano, sendo que esse número cai para 79% para pessoas com mais de 30. Em compensação, os jovens acham que bibliotecas públicas não são mais essenciais para a comunidade.

Além disso, os americanos também estão comprando mais livros do que emprestando. Entre os que leram pelo menos um livro no último ano, mais da metade disse que a tendência era comprar e não pegar emprestado.

Outro dado bem interessante: pessoas com menos de 30 anos — que costumam estar mais conectadas na internet — eram mais propensas a responder que “muita informação útil e importante não está disponível na internet”. Ou seja, pessoas que usam mais a web e que às vezes são criticadas por isso, eram mais capazes de falar sobre as limitações da internet.