Além de charmosas, as barbas fazem bem à saúde, diz estudo

Por Patricia Machado em 22/01/2016

A maioria dos homens adora usar barba. A prova disso é a volta do estilo lumbersexual no ano passado. Além de conferir um ar mais charmoso aos homens, as barbas também fazem bem à saúde. Essa foi a conclusão de um estudo divulgado no Journal of Hospital Infection.

+ Ternos flexíveis inovam o guarda-roupa masculino

+ Pesquisa descobre quem é melhor ao volante: homem ou mulher?

Algumas pesquisas publicadas anteriormente sustentavam a ideia de que a barba era responsável por facilitar a contaminação das pessoas por bactérias, uma vez que os pelos faciais abrigam a sujeira com mais facilidade. Para combater essa teoria, os pesquisadores do projeto analisaram o rosto de 408 homens, que foram divididos em dois grupos: com e sem barba.

Através de equipamentos médicos, os cientistas tinham o objetivo de comprar a quantidade de bactérias existentes no rosto das pessoas que aderiam ao estilo barbudo e daquelas que tinham o hábito de fazer a barba todos os dias.

Para a alegria e alívio dos apaixonados por barba, o estudo descobriu que homens sem barba tinham até três vezes mais bactérias no rosto do que os voluntários barbados.

+ Quantas amizades verdadeiras você tem na sua rede social? Uma nova pesquisa tem a resposta

Os pesquisadores buscaram investigar ainda o que poderia ocasionar a acumulação de bactérias na pele das pessoas que não usavam barba. Uma das conclusões é que o hábito de fazer a barba diariamente causa feridas na pele, que acabam facilitando o acúmulo de bactérias.

Já que ter barba faz, sim, bem à saúde, aproveite a descoberta para deixar a barba crescer! Descubra qual o estilo certo de barba para o seu rosto clicando aqui.

Foto: Arquivo – Apontador / Via Metro