Profissões que devem ser substituídas por robôs até 2020

Por Patricia Machado em 28/03/2016

Com a crise econômica, o mercado de trabalho brasileiro sofre sérias consequências. Para se manter em 2016 com saldo positivo, a maioria das empresas busca equilibrar as contas cortando despesas e até mesmo funcionários. Segundo uma pesquisa divulgada pelo IBGE, a taxa de desemprego do país cresceu para 8,5% em comparação com o ano passado.

+ Foi demitido? Saiba como organizar as finanças

+ Dicas para se sair bem em uma entrevista de emprego

Um novo relatório divulgado pela Korea Employment Information Service (KEIS) analisou quais profissões devem sobreviver às crises financeiras e aos avanços da tecnologia e quais atividades devem ser substituídas por robôs até 2020.

De acordo com as projeções, profissões que usam a criatividade, como fotografia, e trabalhos que necessitam de habilidades muito específicas, como enfermagem, deverão sobreviver.

O relatório sugere que atividades manuais devem ser substituídas por robôs, uma vez que a empresa tenha a possibilidade de fazer um investimento como esse. Ao todo, 406 funções devem deixar de existir nos próximos quatro anos.

Conheço os empregos que estão mais ameaçados de extinção:

  • Segurança
  • Entregador
  • Pedreiro
  • Contador
  • Açougueiro
  • Varredor de rua
  • Operário

Via Metro / Foto: Thinkstock