Fraco aperto de mão dos jovens pode resultar em desemprego, diz pesquisa

Por Patricia Machado em 23/06/2016

Você já reparou na força do seu aperto de mão? Pois bem, se você ainda não prestou atenção nisso, talvez seja a hora de mudar alguns hábitos. Caso contrário, você poderá ficar desempregado.

+ Cinco dicas para ser mais produtivo no trabalho

+ Como ser mais feliz no trabalho

Em 2008, uma pesquisa feita pela Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, revelou que pessoas que apertavam a mão das demais com força na hora de cumprimentá-las tinham mais chances de serem contratadas em uma entrevista de emprego. Isso porque pessoas que têm um aperto de mão fraco são consideradas tímidas e pouco expressivas.

Achando curioso essa descoberta, a Winston-Salem State University, que também está sediada nos Estados Unidos, resolveu analisar como os jovens apertam a mão das pessoas atualmente.

Os pesquisadores pediram para 237 voluntários com menos de 30 anos de idade apertarem com o máximo de força uma mão mecânica, que seria capaz de medir a intensidade da pressão. Depois, eles compararam os dados obtidos com o aperto de mão de pessoas que fizeram esse mesmo teste em 1985.

O estudo constatou que a força no aperto de mão de homens e mulheres que participaram do estudo recente era menor do que a força das pessoas que realizaram o teste em 1985. Além disso, a força dos homens jovens era menor do que a das mulheres jovens em comparação com o teste de 1985.

A perda de força nas mãos na hora de cumprimentar uma pessoa pode estar ligada com a dependência da sociedade atual com a tecnologia. Isso faria com que as pessoas deixassem de fazer trabalhos manuais e deixassem de treinar a força depositada em suas mãos. No entanto, se os resultados da pesquisa feita em 2008 continuaram válidos, os jovens de hoje têm mais chances de enfrentar o desemprego.

Foto: Thinkstock