Dicas para organizar a mala de viagens

Por em 07/07/2015

logo_allianz

Uma das principais preocupações na hora de viajar é a mala. Além de pensar nos itens essenciais, também é preciso arranjar uma forma de otimizar as roupas que aliam seu estilo pessoal à estação do destino.

Na teoria, todos sabemos que menos é mais na hora de fazer as malas, mas nem sempre isso acaba acontecendo. No final, aquele velho ditado português “antes sobrar do que faltar” prevalece, e nós acabamos levando muito mais do que realmente é necessário.

+ Países que exigem o seguro viagem

Quando falamos em viagens de avião, aí fica mais complicado ainda: o planejamento precisa ser bem executado, já que as medidas de bagagem e peso precisam ser respeitados para que você não comece a viagem desembolsando um dinheiro desnecessário devido ao excesso de bagagem.

Confira algumas regras essenciais para organizar as malas:

Peso e medidas

A maioria da empresas aéreas permite que cada passageiro leve duas malas com, no máximo, 23kg cada. Isso em voos nacionais e na América do Sul. Em voos internacionais também são permitidas duas malas mas, neste caso, de até 32kg cada. A soma das dimensões da mala (comprimento+altura+largura) não pode ultrapassar 158 centímetros. Porém, isso pode variar de acordo com cada companhia aérea – o indicado é checar as especificações de cada uma antes de viajar.

Uma dica importante é nunca viajar com as malas no limite de peso, principalmente se o destino da sua viagem for bom para compras. Afinal, a gente sempre acaba comprando uma lembrancinha, não é mesmo!?

Bagagem de mão

As companhias aéreas definem rigidamente a quantidade, as dimensões e o peso da bagagem de mão. É sempre indicado consultar o site da empresa com a qual irá viajar para evitar surpresas. Normalmente, as dimensões costumam ser de 55cm x 40cm x 20cm com, no máximo, 10kg.

É preciso ter atenção também com os itens que serão carregados na bagagem de mão:

  • Líquidos (como shampoos, condicionadores, cremes, perfumes, bebidas) precisam ser transportados em recipientes de plástico com o volume máximo de 100 ml. Todos os recipientes devem caber num saco de plástico transparente com capacidade de 1 litro. Dos limites descritos, aplicam-se apenas duas exceções: transporte de alimentos lácteos para bebês e medicamentos necessários durante o voo.
  • Algumas companhias multam seus passageiros por ultrapassarem os limites de dimensões da bagagem de mão ou peso. Por isso, é preciso seguir exatamente as determinações.
  • Spray de cabelo e objetos pontiagudos, como cortadores de cutícula, tesouras, facas, canivetes, estiletes, além de fósforos e isqueiros, não são permitidos na bagagem de mão.

Muitas companhias aéreas permitem o transporte de objetos adicionais, que podem ser levados a bordo do avião, junto com a bagagem de mão:

  • Bolsa com notebook (eventualmente contendo o carregador e o mouse).
  • Máquina fotográfica (à parte, numa bolsa com o equipamento fotográfico, ou na bolsa com a bagagem de mão).
  • Aparelhos eletrônicos pequenos, como telefone, mp3 e tablet.
  • Guarda-chuva.
  • Sobretudo, casaco, jaqueta.
  • Materiais de leitura.
  • Bolsas femininas.

Também é importante ser prevenido e ter uma muda de roupas na sua bagagem de mão, além dos remédios que você precisa. Assim, caso sua bagagem seja extraviada ou aconteça algum problema com o voo, você não terá maiores problemas.

Na pior das hipóteses, caso sua bagagem seja extraviada, os seguros de viagem também cobrem casos como esse. A Allianz Assistance, por exemplo, ajuda na localização da bagagem junto à companhia aérea, para que você possa curtir sua viagem, sem ficar acompanhando o status com a cia. Caso seja atestado o extravio total da bagagem, você recebe uma indenização tanto da companhia aérea quanto da seguradora, de acordo com a cobertura do plano contratado, porém vale ressaltar que o valor somente será ressarcido na sua volta ao Brasil.

Identificação

Suas bagagens precisam de uma identificação apropriada. Compre plaquinhas ou etiquetas e personalize a sua com seu nome e dados de contato. Coloque uma fita colorida ou adesivos para facilitar a visualização na esteira dos aeroportos.

Clima e temperatura

Antes de fazer sua mala, é muitíssimo importante pesquisar sobre o clima do destino. Assim, você evita passar frio/calor.

Roupas e sapatos

De acordo com a sua pesquisa sobre o clima, separe peças-chave, de cores neutras, de preferência. Dependo do destino, é possível levar somente um casaco ou sobretudo – no caso de estar frio – pois, ao chegar, você pode aproveitar para renovar seu armário de inverno, já que alguns itens são bem mais em conta no exterior.

Separe os sapatos em saquinhos para melhorar a organização. Jeans, sarja ou peças de lã devem ser os primeiros a entrar na mala, pois amassam menos. As peças de tecidos mais leves devem ficar em cima.

Organize assim: primeiro as calças e bermudas, vestidos (esticados e dobrados), camisetas (dobradas e enroladas cabem nos espaços laterais da mala, economizando espaço) e as roupas íntimas (coloque-as em saquinhos para facilitar na hora de procurá-las ou no bolso interno dentro da mala).

Confira um vídeo que mostra como dobrar e organizar as peças, sem que fiquem amassadas: