Como ser mais feliz no trabalho

Por Patricia Machado em 14/09/2015

Tudo na vida tem os seus altos e baixos, inclusive no que diz respeito ao trabalho. De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Instituto Gallup, que mede a satisfação profissional de pessoas em diversos países, apenas 13% dos funcionários ouvidos sentem-se estimulados em seus empregos. A pesquisa entrevistou 230 mil pessoas em 142 países.

+ Quanto tempo você levaria para ganhar o salário de um jogador de futebol internacional?

+ Trabalhar demais é ruim para a saúde e aumenta risco de derrame, diz estudo

O estudo revelou ainda que cerca de 63% dos entrevistados estão “desestimulados”, o que significa que eles estão descontentes, mas não extremamente desanimados, e que 24% se consideram “ativamente desestimulados”, o que significa que eles praticamente odeiam o trabalho.

Se você faz parte do percentual de pessoas que não estão muito contentes com o seu trabalho, a revista Fast Company reuniu algumas dicas para você ser mais feliz. Elas foram baseadas nos depoimentos de consultores especialistas em felicidade e motivação no trabalho. Dê uma olhada e invista em uma mudança de comportamento:

  • Esqueça a ideia de que existe um “emprego dos sonhos”

De acordo com o conhecido guru da felicidade Srikumar S. Rao, que é fundador do The Rao Institute, uma consultoria que ajuda empresários e executivos a encontrar a felicidade no trabalho, a paixão não vem do trabalho, ela está dentro de nós. É só quando paramos de pensar que somos infelizes porque não ganhamos o salário dos sonhos ou porque o trabalho não é como o desejado, que passamos a nos responsabilizar pela nossa própria felicidade. Isso significa que você irá começar a se responsabilizar por se fazer feliz.

cheers-839865_1280

  • Procure o problema

O que te faz infeliz? Está chateado com os seus colegas de trabalho? O seu trabalho é chato ou é sem graça? Procure sempre responder esse tipo de pergunta para entender, de fato, a razão do problema. Algumas vezes, ao responder esses questionamentos, você pode descobrir que um colega de trabalho lembra uma pessoa que você conheceu e não gostou ou que o ambiente em que atua não está permitindo que você mostre todo o seu talento.

+ O que as férias revelam sobre a sua personalidade?

  • Foque no seu aprendizado

Por mais que você não goste do seu trabalho atual, procure entender que é possível aprender em todas as oportunidades. Além disso, aproveite o seu trabalho atual para aprimorar o currículo e as suas habilidades profissionais. Isso, com certeza, irá lhe ajudar a conseguir um emprego melhor no futuro.

  • Construa um dia melhor

Há grandes chances de que você goste de algumas funções e alguns colegas de trabalho. Baseado nisso, procure adicionar mais itens positivos ao seu dia e fazer coisas que lhe tragam prazer. Isso fará com que sua rotina seja melhor do que se ficar apenas pensando nas atividades e pessoas que lhe chateiam.

seis-dicas-para-ser-feliz-harvard

  • Planeje suas férias

De acordo com uma pesquisa recente da consultoria de RH Horizons Workforce, funcionários que tiram menos de 25% das férias estão mais propensos a se sentirem esgotados e inaptos a cumprirem tarefas profissionais, e têm menos energia para administrar suas responsabilidades. Para a vice-presidente da consultoria, Kim Callaway, o simples ato de planejar as férias pode ajudar os funcionários a se sentirem mais felizes.

+ Preocupações consomem quase 5 anos de vida, diz pesquisa

  • Procure ser grato

Um estudo publicado no jornal Spirituality in Clinical Practice descobriu que a gratidão pelas coisas boas que acontecem na vida pode melhorar a mente e até a saúde física de pacientes com insuficiência cardíaca. Além disso, uma pesquisa divulgada no jornal Social Psychological and Personality Science constatou que a gratidão e a empatia diminuem a agressividade.

  • Tome uma atitude

De nada adianta viver reclamando. Por isso, trace os seus objetivos, comece a fazer planos e tome atitudes para encontrar a sua felicidade.

EWE_077

Foto: Arquivo Apontador / Pixabay