Checar redes sociais com frequência ao longo do dia atrapalha o sono, diz estudo

Por Patricia Machado em 28/01/2016

Um novo estudo pode alertar os fanáticos por redes sociais. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, concluiu que o hábito de checar redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat muitas vezes ao longo do dia pode afetar a qualidade do sono.

+ Dez dicas para melhorar a qualidade do sono

+ Alimentos que melhoram a qualidade do sono

Para chegar a essa descoberta, os cientistas contaram com a participação de 1.788 adultos voluntários com idades entre 19 e 32 anos. Eles tiveram que responder um questionário avaliando o seu sono e descrevendo os seus hábitos nas redes sociais.

Depois de analisar as respostas, os pesquisadores descobriram que 30% dos adultos que dormiam mal e tinham um sono agitado atualizavam as suas contas nas redes sociais com maior frequência.

O estudo concluiu também que a maioria das pessoas que participaram do projeto ficam conectadas às mídias sociais por pelo menos uma hora por dia.

+ Despertador promete vencer a função soneca e te tirar da cama o quanto antes

Baseado nessas descobertas, os pesquisadores concluíram que pessoas que são viciadas em redes sociais e estão sempre atualizando o seu feed de notícias têm três vezes mais chances de dormir mal à noite.

De acordo com Jessica Levenson, uma das autoras da pesquisa, no futuro, os médicos deverão questionar os pacientes sobre seus hábitos nas redes sociais caso eles reclamem da dificuldade para dormir ou da má qualidade do sono.

Via Metro e New York Daily News / Foto: Thinkstock